Em consenso, Corinthians antecipa concentração antes de decisãoSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Em consenso, Corinthians antecipa concentração antes de decisão

Em consenso após conversa da comissão técnica com o elenco, o Corinthians decidiu antecipar a concentração para a noite desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. Comumente realizada apenas na véspera dos duelos, a reunião dos atletas no local de treinamentos foi estendida por um dia a mais devido à importância dada ao duelo contra o [?]

16:45 | 27/08/2018

Em consenso após conversa da comissão técnica com o elenco, o Corinthians decidiu antecipar a concentração para a noite desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. Comumente realizada apenas na véspera dos duelos, a reunião dos atletas no local de treinamentos foi estendida por um dia a mais devido à importância dada ao duelo contra o Colo-Colo, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pela volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Os atletas foram liberados para almoçar com as respectivas famílias após o trabalho da manhã e têm apresentação marcada para a noite. Os pré-relacionados para o embate dormirão no CT e lá ficarão até a atividade da tarde de terça-feira, que definirá a escalação titular para encarar os chilenos.

A grande dúvida fica pela presença do goleiro Cássio, que não treinou no campo nesta segunda. O quadro clínico do jogador, talvez a maior referência do elenco, não é dos mais graves: uma pancada na região do quadril, mas a incerteza sobre sua presença cresceu um pouco após o treinamento.

O arqueiro deixou o gramado no sábado, contra o Paraná, ainda no primeiro tempo. Ao fazer uma defesa em chute de longe, o corintiano acabou esticando demais o corpo para chegar na bola e caiu ?errado?, expondo a região do quadril ao chocar-se com a grama. Pela dor e a importância do duelo frente aos chilenos, Cássio preferiu sair e prometeu trabalhar em ?três períodos? para estar presente no jogo.

Aliviado após a vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, no último final de semana, o Alvinegro tem a missão de reverter a derrota sofrida em Santiago, na primeira partida, quando foi superado pelo placar mínimo. Para avançar no tempo normal, precisa abrir uma diferença de no mínimo dois gols. Novo 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis, enquanto qualquer outro resultado dá a vaga aos visitantes.

Gazeta Esportiva

TAGS