PUBLICIDADE
Esportes

Monitorado desde os 15, Díaz já jogou em Itaquera e deu baile em Tite

Sergio Díaz, de 20 anos, é esperado no Brasil para a realização de exames médicos e, caso seja aprovado, anúncio da sua contratação por empréstimo pelo Corinthians. Pertencente ao Real Madrid B, o atleta, uma jovem promessa do Paraguai, é monitorado pelo Corinthians desde os 15 anos de idade, já tem no currículo uma partida [?]

07:00 | 25/07/2018

Sergio Díaz, de 20 anos, é esperado no Brasil para a realização de exames médicos e, caso seja aprovado, anúncio da sua contratação por empréstimo pelo Corinthians. Pertencente ao Real Madrid B, o atleta, uma jovem promessa do Paraguai, é monitorado pelo Corinthians desde os 15 anos de idade, já tem no currículo uma partida em Itaquera e foi até o grande astro de uma derrota de Tite pelo clube, em 2016.

Precoce desde a estreia pelo Cerro Porteño, do Paraguai, com 16 anos completados pouco antes, o ponta esquerda fez seu primeiro jogo em uma Copa Libertadores da América no dia 9 de março de 2016, encarando o Corinthians do agora técnico da Seleção Brasileira. Embalado por uma boa campanha no Campeonato Paulista, o Timão chegou como favorito para a partida no Defensores del Chaco, mas sucumbiu frente ao bom futebol do juvenil.

Logo de cara, Díaz quase marcou em lances parecidos, entrando pela esquerda e driblando a marcação. As vítimas: Fagner e Felipe, ambos salvos por ótimas defesas de Cássio, garantindo uma vantagem mínima do Timão no intervalo. No segundo tempo, com o Alvinegro exposto pelas expulsões do centroavante André e do meia Rodriguinho, ele liderou a virada do time paraguaio, marcando um gol e dando passe para outro no triunfo por 3 a 2.

O interesse alvinegro reacendeu à época, mas Díaz já estava bem próximo do Real Madrid, com quem assinou meses depois. Antes, porém, teve a primeira chance de atuar na Arena, na volta do embate válido pela fase de grupos do torneio continental. Diante da torcida alvinegra, nem mesmo sua rapidez foi o bastante para diminuir o ímpeto dos corintianos, triunfantes por 2 a 0, dois gols de Lucca.

O jogador, apesar de promissor, ainda causa certa cautela no Timão pela condição física. Parado desde novembro do ano passado, quando rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em uma partida pelo Lugo, na Série B espanhola, ele é passará por exames específicos acerca da perda de força no local. Caso nada seja constatado, a ideia é que assine um vínculo por um ano ou um ano e meio. Seu contrato com o Real Madrid é válido até a metade de 2021.

Díaz, na avaliação da diretoria corintiana, chegaria como uma ?oportunidade de mercado?, já que ocupa as duas pontas, setores onde o clube está servido de titulares como Clayson e Romero, além dos reservas Mateus Vital, Pedrinho e Marquinhos Gabriel. Com a incerteza sobre quem fica no clube ao final dessa janela de transferências ? e até da próxima, no final do ano -, no entanto, ele tem espaço quase assegurado no Timão para os dirigentes.

Gazeta Esportiva

TAGS