PUBLICIDADE
Esportes

Gabriel encara Majestoso como decisivo para retomada de confiança

Com apenas uma vitória sob o comando de Osmar Loss antes de o Campeonato Brasileiro entrar em recesso para a realização da Copa do Mundo, o Corinthians tem recuperado a sua confiança. Derrotou Cruzeiro e Grêmio em amistosos realizados no início do mês e, na quarta-feira, venceu também o Botafogo em um jogo oficial. A [?]

17:45 | 20/07/2018

Com apenas uma vitória sob o comando de Osmar Loss antes de o Campeonato Brasileiro entrar em recesso para a realização da Copa do Mundo, o Corinthians tem recuperado a sua confiança. Derrotou Cruzeiro e Grêmio em amistosos realizados no início do mês e, na quarta-feira, venceu também o Botafogo em um jogo oficial. A reação será colocada à prova no clássico contra o São Paulo, na noite de sábado, no Morumbi.

?Já fizemos bons jogos e tivemos tempo para descansar, para ajustar o que precisava ser ajustado. Então, o clássico vem em um bom momento. É um jogo que tem um peso diferente. São os mesmos três pontos que buscamos contra o Botafogo, mas sabemos que uma boa partida nos fará recuperar a confiança totalmente?, conscientizou-se o volante Gabriel.

Antes de melhorar o seu rendimento à frente do Corinthians, Osmar Loss já dizia que contava com a paralisação do Campeonato Brasileiro para colocar as suas ideias em prática. O sucessor de Fábio Carille acredita que o time já começou a ser moldado ao seu gosto depois do tempo livre para treinar. ?Até porque essa intertemporada foi mais longa do que a pré-temporada. Que coisa louca, né??, sorriu Gabriel.

O volante está bem-humorado também em função dos recentes resultados. ?Foram quatro jogos com três vitórias (houve um empate com o Cruzeiro em outro amistoso). Muito se fala que os amistosos não valem nada, mas, se tivéssemos perdido, isso aqui viraria uma loucura. Como a própria torcida diz, jogo é guerra. É assim que a equipe aumenta o nível de concentração nos treinamentos para estar preparada para uma partida como a de amanhã?, avisou.

Com essa filosofia, Gabriel acredita que o atual campeão paulista e brasileiro voltará a ser visto pela crítica como um candidato não só a ganhar o Majestoso deste fim de semana, mas a conquistar outros troféus em 2018. ?Confio muito no Corinthians, nos jogadores, no nosso trabalho. O Corinthians merece um pouco mais de respeito, até por tudo o que vem fazendo. É o maior campeão do Brasil nos últimos 10 anos. Não posso cravar que seremos campeões de novo, mas lutaremos com todas as forças para isso?, discursou.

Gazeta Esportiva

TAGS