PUBLICIDADE
Esportes

Díaz deve demorar ?um tempão? para jogar e perder mata-matas

Díaz foi aprovado nos exames, mas tem claro desequilíbrio muscular

07:30 | 27/07/2018

O atacante paraguaio Sergio Díaz foi aprovado nos exames médicos realizados pelo Corinthians durante a última quinta-feira e deve ser oficializado como reforço nesta sexta-feira, mas isso não indica que estará disponível em breve para o técnico Osmar Loss. Prestes a assinar um contrato até o final de 2019 com o clube, ele vai esperar ?um tempão? para ficar em condição física de encarar uma partida.

A afirmação foi feita por uma pessoa da comissão técnica corintiana, justificando o período maior de adaptação pelo desequilíbrio muscular apresentado pelo jogador. Antes de tudo: isso já era esperado pelo Timão por causa dos quase nove meses de inatividade do atleta, que passou por uma cirurgia para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo em novembro de 2017.

Sem desempenhar as atividades comuns para um atleta de futebol, Díaz, assim como todos os jogadores que passam tanto tempo sem jogar, apresentou uma força abaixo da média principalmente nos músculos dos membros inferiores. O objetivo é fazer com que os índices voltem a números equilibrados para diminuir o risco de lesões musculares quando ele passar a ser utilizado.

Esse, aliás, é um dos motivos para a extensão do vínculo até o final do ano que vem, seis meses além da tratativa inicial, diminuindo o impacto de Díaz perder provavelmente um mês de treinamento com os companheiros. Assim que apresentado pelo Alvinegro, o jovem de 20 anos terá um cronograma de treinos desenhado pelo departamento de fisiologia para voltar aos gramados em meados de setembro.

A consequência disso é a ausência do atleta na disputa das quartas de final da Copa do Brasil, contra a Chapecoense, e nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, frente ao Colo Colo, ambos duelos marcados para agosto (1 e 15 para o torneio nacional, 8 e 29 para o continental).

A diretoria, ainda assim, corre para que ele seja regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) até segunda-feira, data-limite para inscrição de atletas na Copa do Brasil. Com isso, ele estaria à disposição para possíveis semifinais e finais da competição.

Na Libertadores, por outro lado, existia uma pequena chance de incluir seu nome na relação, principalmente pelo fato de a volta, na Arena Corinthians, estar marcada para daqui mais de um mês. Com sete saídas de jogadores inscritos na fase de grupos e a grave lesão de Renê Júnior, no entanto, as cinco possibilidades de substituição já são até insuficientes para o Timão.

Danilo Avelar, Douglas e Jonathas certamente estarão entre as novidades. Roger, que se recupera de problema no tornozelo esquerdo, também não estava na fase de grupos e poderia ser incluído. Porém, como a lateral esquerda e a função de segundo volante não têm reservas no momento, Carlos, cria da base, e Thiaguinho, contratado em abril após disputar a A2 pelo Nacional, têm grandes chances de entrar e deixar o camisa 9 fora.

Díaz, no entanto, será presença certa caso o clube avance às quartas de final da competição, quando, diferentemente da Copa do Brasil, outras duas alterações são permitidas na lista. Com janela de transferências do futebol europeu aberta e possibilidade de mais atletas saírem, mais duas mudanças definitivas poderão ser feitas antes da semifinal.

Gazeta Esportiva

TAGS