PUBLICIDADE
Esportes

Rodriguinho diz que prefere vaga nas quartas a vitória no Derby

O meia Rodriguinho foi o escolhido para falar com a imprensa na tarde desta quarta-feira, véspera da partida contra o Vitória, na Arena, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Principal referência técnica da equipe, o jogador tratou o embate como o mais importante da semana do Corinthians, que encerra os seus compromissos no [?]

18:15 | 09/05/2018

O meia Rodriguinho foi o escolhido para falar com a imprensa na tarde desta quarta-feira, véspera da partida contra o Vitória, na Arena, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Principal referência técnica da equipe, o jogador tratou o embate como o mais importante da semana do Corinthians, que encerra os seus compromissos no domingo diante do arquirrival Palmeiras, no primeiro Derby desde a final do Campeonato Paulista.

?Olha, a Copa do Brasil é um campeonato importante para a gente, premiação muito boa, tiro curto, podemos ser campeões de um campeonato muito importante em poucos (oito) jogos. Então não tem como poupar jogadores numa competição como essa. Eu prefiro passar na Copa do Brasil do que uma vitória no clássico, que só nos daria três pontos no Brasileiro. Beleza, pode ajudar, mas tem muito campeonato pela frente?, justificou o jogador, assegurando ter fôlego para aguentar os dois embates.

?Olha, estou bem melhor do que eu estava antes, desgaste muito grande, mal parando em casa, simplesmente tendo que jogar e descansar, sem poder treinar. Agora, com esse tempinho aí que eu tive, espero poder voltar a treinar bem. Fazer jogos iguais aos outros que eu estava fazendo. Falta pouquinho tempo para a parada, tentar conseguir os nossos objetivos e, no Brasileiro, somar o máximo de pontos possível?, avaliou o jogador.

Para o meio-campista, o duelo terá uma formatação semelhante à encontrada pelos corintianos no duelo do ano passado em Itaquera. À época defendendo uma série de 34 partidas sem perder, o Timão foi surpreendido pelos baianos e acabou derrota por 1 a 0 na abertura do returno do Brasileiro.

?Cada jogo é uma história, mas acho que eles vão querer jogar de forma bem parecida, fechadinhos e explorando o contra-ataque. Acabaram fazendo o gol no começo e aí colocaram muita dificuldade, se fecharam muito, duas linhas de quatro na frente da área. Vamos tentar fazer com que a história não se repita. Tentar fazer o nosso gol para obrigá-los a sair para o jogo?, disse, lembrando que, agora, a Copa do Brasil não prevê vantagem de desempate a quem marcar fora de casa.

?Realmente acabou sendo bom para a gente por esse fator, se tomasse um gol na Arena teria que fazer dois. Mas, independentemente disso, ninguém quer levar essa partida para os pênaltis. Nossa preocupação é atacar o time do Vitória, mas, ao mesmo tempo, postado. Que a gente possa trabalhar a bola com tranquilidade e envolver o adversário?, concluiu o atleta.

Por ter empatado por 0 a 0 no jogo de ida, em Salvador, o Alvinegro precisa de uma vitória simples para se classificar no tempo normal. Nova igualdade leva a decisão para os pênaltis, enquanto um triunfo dos baianos elimina o Timão já na primeira eliminatória que a equipe disputou na atual edição da competição.

Gazeta Esportiva

TAGS