PUBLICIDADE
Esportes

Rodriguinho nega contato do Flamengo revelado por Andrés

O meia Rodriguinho vive excelente fase com a camisa do Corinthians, sendo decisivo na conquista do Campeonato Paulista e fundamental na estreia do Campeonato Brasileiro. De acordo com ele, porém, nada disso foi motivo de uma investida do Flamengo em busca do seu futebol, como disse o presidente do Alvinegro, Andrés Sanchez. ?Ninguém me procurou, [?]

08:15 | 19/04/2018

O meia Rodriguinho vive excelente fase com a camisa do Corinthians, sendo decisivo na conquista do Campeonato Paulista e fundamental na estreia do Campeonato Brasileiro. De acordo com ele, porém, nada disso foi motivo de uma investida do Flamengo em busca do seu futebol, como disse o presidente do Alvinegro, Andrés Sanchez.

?Ninguém me procurou, não estou sabendo de nada. Não tenho nada para falar?, comentou o armador, voltando-se mais à disputa de uma vaga na próxima fase do que a uma possível saída do Timão, clube com o qual tem contrato válido até o final do ano que vem.

?Não podemos baixar a guarda, podemos ficar mais tranquilos com essa vitória fora de casa (1 a 0 sobre o Independiente, na Argentina), mas precisamos estar sempre sérios para buscar essa vaga?, continuou o jogador, que já estava no país vizinho quando o mandatário corintiano originou toda a confusão, na terça-feira, na eleição do novo presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)..

?Cadê ele (Bandeira de Mello)? Deve estar sondando o Rodriguinho, querendo o Carille. Foi o que ele fez. Ofereceu R$ 1 milhão por mês ao Carille. Tentou o Rodriguinho, mas não vai levar. Dou 50% de desconto na multa do Rodriguinho e garanto que ele não leva. Gestão de nada. Quando sair, vai chegar a conta para o Flamengo?, criticou Andrés.

Apesar do tom forte das críticas, Bandeira de Mello negou as informações de Andrés Sanchez, que classificou como ?um absoluto disparate?. Segundo ele, ?tem alguém enganando alguém?.

Andrés e Bandeira não se encontraram na eleição da CBF porque o flamenguista preferiu acompanhar o treino aberto da sua equipe no Maracanã. Ambos, assim como o Atlético-PR, não apoiaram Caboclo como presidente da entidade. O Corinthians votou em branco, e o Flamengo se absteve.

Gazeta Esportiva

TAGS