PUBLICIDADE
Esportes

Jogadores do Corinthians enaltecem time ?letal? como em 2017

Apesar de ter goleado o Paraná por 4 a 0 na manhã deste domingo, o Corinthians precisou superar momentos de dificuldade na Vila Capanema. O time comandado por Fábio Carille começou a partida acuado, sem conseguir transpor o meio-campo, e buscou inspiração na vitoriosa última temporada para vencer pela segunda vez no Campeonato Brasileiro de [?]

14:15 | 22/04/2018

Apesar de ter goleado o Paraná por 4 a 0 na manhã deste domingo, o Corinthians precisou superar momentos de dificuldade na Vila Capanema. O time comandado por Fábio Carille começou a partida acuado, sem conseguir transpor o meio-campo, e buscou inspiração na vitoriosa última temporada para vencer pela segunda vez no Campeonato Brasileiro de 2018.

?Superar momentos ruins foi uma marca nossa no ano passado, e estamos conseguindo fazer agora novamente. Foi assim na final do Campeonato Paulista, contra o Fluminense, o Independiente e hoje. É um Corinthians letal, que mata o jogo quando tem as oportunidades?, celebrou o volante Gabriel, autor do último gol da partida.

Quem se mostrou importante para o Corinthians reagir em Curitiba foi um jogador que não estava no clube em 2017, Sidcley. O lateral esquerdo emprestado pelo Atlético-PR, rival do Paraná, fez a assistência para o meia Rodriguinho fazer o primeiro gol aos 24 minutos do primeiro tempo e anotou o segundo aos 26.

?Começamos o jogo meio desatentos, mas conseguimos melhorar e concluir em gol as oportunidades que tivemos?, comemorou Sidcley. ?A concentração do Corinthians é muito boa. Sabemos trabalhar bem a bola?, acrescentou.

Para Gabriel, havia justificativas para o início de jogo ruim na casa do Paraná. ?O time começou desligado até pelo horário diferente (11 horas), pelo campo, ao qual não estamos acostumados. Foi abaixo das expectativas, mas, com dez minutos, pudemos nos acertar?, afirmou.

Pelo Paraná, o técnico Rogério Micale também reconheceu que o atual campeão brasileiro não perdeu uma das suas maiores virtudes. ?Nós conhecemos o Corinthians. Eles são letais?, definiu, lamentando o placar elástico deste domingo.

Gazeta Esportiva

TAGS