PUBLICIDADE
Esportes

Fagner diz que vai pagar almoço a Maycon após pênalti perdido

O lateral direito Fagner mostrou total relaxamento nesta quarta-feira, na reapresentação do elenco do Corinthians após a conquista do título do Campeonato Paulista, no CT Joaquim Grava. O cenário, porém, poderia ser muito pior caso o volante Maycon não tivesse convertido o último pênalti na disputa final do Derby, encobrindo o erro do próprio lateral [?]

19:15 | 11/04/2018

O lateral direito Fagner mostrou total relaxamento nesta quarta-feira, na reapresentação do elenco do Corinthians após a conquista do título do Campeonato Paulista, no CT Joaquim Grava. O cenário, porém, poderia ser muito pior caso o volante Maycon não tivesse convertido o último pênalti na disputa final do Derby, encobrindo o erro do próprio lateral na batida anterior.

?O bom é que eu joguei pouca pressão no garoto, né??, brincou o defensor, lembrando o que pensou na hora da batida do meio-campista, que selou a vitória corintiana por 4 a 3 nas penalidades. ?Eu só falei ali na hora: ?vai lá e salva a minha vida?. Ele teve a frieza para deslocar o Jailson e fazer o gol. Estou devendo um almoço agora?, contou o atleta, relutando em aumentar o prêmio.

?Está bom, pô, naquela hora minha vida estava complicada, mas um almoço acho que paga, vai?, avaliou Fagner, que desperdiçou a quarta cobrança, mas já estava tranquilizado pelas duas defesas realizadas por Cássio, em cobranças de Dudu e Lucas Lima.

Sobre o erro, o jogador manteve o bom humor para se defender. ?Pô, se até o Baggio, que era o melhor do mundo, errou, como é que o Fagner não vai errar??, comentou o jogador, recordando o erro do meia italiano Roberto Baggio, craque da equipe que perdeu a final da Copa do Mundo de 1994 para o Brasil. Foi o armador quem errou a última cobrança, de forma bastante parecida com a executada por Fagner.

?Brincadeiras à parte, ficamos muito felizes de conquistar mais esse título. Estou na minha quinta temporada neste retorno ao clube e já conquistei quatro taças, não tem como não ficar feliz?, concluiu o atleta.

Gazeta Esportiva

TAGS