PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians envia ofício à FPF e promete recurso contra multa de R$ 50 mil

O Corinthians enviou na tarde desta quinta-feira um ofício à Federação Paulista de Futebol (FPF) respondendo a uma reprimenda da entidade às confusões ocorridas no Derby do último sábado, na Arena. Multado em R$ 50 mil pela federação, o clube reclamou do tom da cobrança feita e ainda reiterou as críticas à arbitragem de Leandro [?]

17:00 | 05/04/2018

O Corinthians enviou na tarde desta quinta-feira um ofício à Federação Paulista de Futebol (FPF) respondendo a uma reprimenda da entidade às confusões ocorridas no Derby do último sábado, na Arena. Multado em R$ 50 mil pela federação, o clube reclamou do tom da cobrança feita e ainda reiterou as críticas à arbitragem de Leandro Bizzio Marinho na derrota por 1 a 0 para o arquirrival em Itaquera.

?Se o árbitro tivesse um mínimo de pulso, por menor que fosse, conseguiria controlar a partida e o ânimo dos atletas, evitando a ocorrência dos fatos que motivaram o envio de seu ofício. Infelizmente, não foi o que ocorreu. Faltou pulso ao árbitro, é evidente?, diz um trecho da carta, reclamando do que considerou um juízo de valor da FPF a respeito das expulsões de Clayson e Felipe Melo na partida.

?Com surpresa e indignação recebemos a ?reprimenda? contida no seu ofício?, inicia a carta, evoluindo o raciocínio na sequência. ?Como Vossa Senhoria bem pontua, ?tais atitudes serão devidamente analisadas pela Justiça Desportiva?. (?) Assim, não compete a esta federação discorrer nem fazer juízo de valor sobre o ocorrido?, escreve a carta assinada pelo próprio Andrés Sanchez, inconformado com o valor cobrado pelo acendimento dos sinalizadores.

?Ainda nesse sentido, a Federação resolveu impor a absurda, desproporcionada e inconstitucional multa de R$ 50 mil o Corinthians pela utilização de sinalizadores pelos seus torcedores, o que será objeto de recurso próprio?, apontaram os corintianos, finalizando a carta com certa ironiza.

?Mais inusitado se mostra o referido ofício, por dirigir ao Corinthians reprimenda por discussões (?) como se fosse a primeira vez que isso ocorre no Estado de São Paulo. O Corinthians estará sempre ao lado desta Federação para a transmissão da cultura coletiva do fair play, mas não vê com bons olhos ser advertido por situações a que não deu causa?, concluiu o ofício.

Gazeta Esportiva

TAGS