PUBLICIDADE
Esportes

Cássio diz que defesas foram ?mais no estudo do que no feeling?

Cássio se tornou protagonista de seu oitavo título com a camisa do Corinthians. Depois da vitória no tempo regulamentar por 1 a 0 graças a gol de Rodriguinho dentro do Allianz Parque, o camisa 12 da equipe alvinegra pegou dois pênaltis nas cobranças que definiram o título. Dudu e Lucas Lima foram os vilões da [?]

19:30 | 08/04/2018

Cássio se tornou protagonista de seu oitavo título com a camisa do Corinthians. Depois da vitória no tempo regulamentar por 1 a 0 graças a gol de Rodriguinho dentro do Allianz Parque, o camisa 12 da equipe alvinegra pegou dois pênaltis nas cobranças que definiram o título. Dudu e Lucas Lima foram os vilões da noite. Fagner também desperdiçou sua cobrança, mas não atrapalhou a missão corintiana de sair da casa do Palmeiras com o bicampeonato estadual.

?Esse foi mais estudo que feeling (sentimento, percepção em inglês). Eu tinha visto que o Dudu batia naquele lado, o Lucas Lima também tinha a batida de segurança dele ali, eu pude ser feliz e agora vamos comemorar agora?, comentou Cássio, ao Sportv, antes de lembrar do mérito de seus companheiros.

?Ajuda, dá tranquilidade. Nosso time está de parabéns por ter batido os pênaltis com tranquilidade, não deu chance ao Jaílson. Feliz pelo comprometimento de todo mundo?.

O goleiro também fez questão de lembrar da festa proporcionada pela torcida do Corinthians na sexta-feira, em Itaquera, no treino aberto na Arena. Na ocasião, os jogadores chegaram a descer do ônibus no meio da rua e foram escoltados até o gramado pela própria massa.

?A gente mesmo tendo perdido na nossa casa, a gente veio forte, nosso time nunca desconfiou que não poderíamos ganhar o título aqui, e foi o que aconteceu. O pessoal apoiou, emoção muito grande, agradecer a Fiel também, porque aquela festa na sexta foi sensacional, é de arrepiar, meu sétimo ano no Corinthians, mas nossa torcida ainda me surpreende. A gente foi merecedor?, concluiu Cássio.

Jadson, que voltou para jogar a final depois de sete jogos fora da equipe por lesão, também aproveitou para parabenizar o goleiro e também lembrar de algumas provocações depois da vitória palmeirense no primeiro jogo da final.

?Eu falei que ele ia pegar os pênaltis. No jogo contra o São Paulo ele já tinha feito algumas defesas de pênaltis, hoje mais uma vez nos ajudou nesse título?, comentou o camisa 10. ?No futebol o mais importante é o respeito. Quando eles ganharam lá de 1 a 0, acabaram alguns caras que trabalham para o Palmeiras tirando sarro, zombando da nossa torcida. A gente teve mais uma semana, focou, era importante para nós, e conseguimos uma vitória que ninguém esperava?, completou o meia.

 

Gazeta Esportiva

TAGS