PUBLICIDADE
Esportes

Andrés promete garimpar reforços pelo Brasil e manda recado a Guerrero

O Corinthians acabou de erguer a taça de campeão paulista, mas a torcida e o clube já pensam no restante da temporada, já que o time ainda vai brigar por Copa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Ciente da carência do elenco em algumas posições, o presidente Andrés Sanchez revelou na noite [?]

22:15 | 09/04/2018

O Corinthians acabou de erguer a taça de campeão paulista, mas a torcida e o clube já pensam no restante da temporada, já que o time ainda vai brigar por Copa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Ciente da carência do elenco em algumas posições, o presidente Andrés Sanchez revelou na noite dessa segunda-feira que pretende, sim, contratar até oito jogadores, mas, sem fazer nenhuma loucura financeira.

?O Carille quer todo mundo. Se pudesse trazer mais 10 jogadores, o treinador ia querer. Eu vou trazer 7 ou 8 jogadores até o meio do ano, jogadores que despontarem em times do interior e em campeonatos de outros estados, para fazer um time vencedor?, comentou o mandatário alvinegro, em entrevista a FoxSports.

?Mesmo com toda a estrutura que o Corinthians tem, não dá para contratar sete ou oito jogadores por 20, 30 milhões cada um. Além de gastar muito, não tem a garantia de que vai jogar bem?, completou.

Como é sabido, a prioridade do Corinthians no mercado é por um centroavante que possa suprir a saída de Jô. E Paolo Guerrero, camisa 9 que fez história no clube, principalmente pelo gol da final do Mundial de 2012, contra o Chelsea, sempre tem o nome especulado. Entretanto, o sentimento de rancor pelo peruano ainda parece latente entre os corintianos, que viram Guerrero trocar o alvinegro pelo Flamengo em maio de 2015 mesmo depois de declarar que jamais vestiria outra camisa no Brasil que não fosse a do atual bicampeão paulista.

?Manda ele rescindir o contrato dele com o Flamengo de novo. Ele tem que rescindir o contrato dele com o Flamengo, olha o que ele vale no mercado. O que ele estava pedindo, o Corinthians não paga?, avisou Sanchez, aproveitando a situação para brincar com seu arquirrival. ?O Palmeiras tem dinheiro para caramba, pô?.

Apesar do discurso, o presidente corintiano garante não ter mágoa de Paolo Guerrero. ?Nenhuma, o jogador tem o direito de procurar o melhor lado financeiro para ele. Não fico com raiva, não. Só estou falando a verdade?, encerrou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS