PUBLICIDADE
Esportes

Sheik reassume protagonismo e terá teste físico pela frente

Atacante terá teste físico pela frente

08:00 | 18/03/2018

Falar que o atacante Emerson Sheik tem um começo de temporada melhor do que se esperava para um atleta de 39 anos que chegou ao clube no final de janeiro e não realizou a preparação adequada para atuar já tornou-se senso comum. Agora, no entanto, o experiente jogador já parece subir de patamar em termos de importância no elenco do Corinthians.

Titular pela terceira vez consecutiva assim que rolar o apito inicial para a partida contra o Bragantino, na tarde deste domingo, às 16h (de Brasília), no estádio do Pacaembu, ele tem o mesmo número de gols que a soma daqueles anotados por Kazim e Júnior Dutra, outros nomes utilizados como referência pelo técnico Fábio Carille até este momento.

O turco, titular tanto nos jogos da Copa Flórida quanto nos quatro primeiros oficiais do ano, anotou apenas uma vez, contra o Rangers-ESC, nos Estados Unidos. Dutra, que surgiu bem ao substituir o europeu no jogo contra o São Caetano, ocasião do seu único gol pelo Timão até o momento, não conseguiu superar o gringo e viu Sheik ultrapassar ambos recentemente.

Com oito jogos disputados, sendo apenas dois deles desde o início, Sheik tem 259 minutos de jogo até o momento, menos que os 308 de Kazim e muito abaixo dos 602 destinados a Dutra até o momento. Como os dois adversários permaneceram por sequências de quatro e cinco jogos no time inicial, é bastante provável que o camisa 7/47 seja o escolhido em todo o mata-mata que o Corinthians disputar no Paulista.

A única dúvida que paira sobre ele é a condição física. Apesar de bem avaliado pela comissão técnica, Sheik completará 40 anos em setembro e não se sabe qual será a resposta dele a uma série mais intensa de jogos. Ele já atuou por mais de 80 minutos no último final de semana e jogou por outros 67 na vitória sobre o Lara, na quarta-feira, mostrando forte desgaste assim que fez o gol.

Tudo isso em meio a uma sequência de jogos nos meios e finais de semana, que pode se estender até o dia 1º de abril, data agendada para a primeira final do Estadual. Nada, porém, que abale a confiança dos companheiros na sua capacidade.

?É um cara que tem uma qualidade mito grande. Fisicamente pela idade, é privilegiado. Muito experiente, com historia no clube, podendo passar aos mais novos. Muita estrela, define partidas. Está sendo importante e ainda será muito importante durante o ano?, comentou Rodriguinho sobre o companheiro.

Gazeta Esportiva

TAGS