PUBLICIDADE
Esportes

Ex-companheiro de Nenê, Vital vê atitude ?desnecessária? do rival

A polêmica protagonizada por Nenê no clássico do último domingo contra o Corinthians segue repercutindo entre as equipes. Nesta segunda-feira, Mateus Vital e Pedrinho compareceram ao Parque São Jorge para participar de um evento beneficente promovido pelo Timão, que distribuiu ovos de páscoa a crianças carentes, e o ex-vascaíno condenou o comportamento do seu antigo [?]

14:15 | 26/03/2018

A polêmica protagonizada por Nenê no clássico do último domingo contra o Corinthians segue repercutindo entre as equipes. Nesta segunda-feira, Mateus Vital e Pedrinho compareceram ao Parque São Jorge para participar de um evento beneficente promovido pelo Timão, que distribuiu ovos de páscoa a crianças carentes, e o ex-vascaíno condenou o comportamento do seu antigo companheiro.

Na visão de Vital, que jogou junto com Nenê no Vasco, a atitude do meio-campista foi ?desnecessária?. O camisa 7 tricolor fez questão de comemorar o gol da vitória são-paulina em frente ao banco de reservas do Corinthians, como forma de provocação ao técnico Fábio Carille, com quem já havia discutido alguns minutos antes, o que gerou grande insatisfação por parte dos jogadores alvinegros.

?Cheguei a conversar com meus companheiros, perguntei a alguns o que havia acontecido. Achei a atitude dele desnecessária. Acho que quando se faz um gol, o gostoso é comemorar com a sua torcida, com seus companheiros que estão ali no seu dia a dia. A atitude dele tem que ser revista por ele mesmo, foi errada, desnecessária?, disse Mateus Vital.

Apesar da relação que o jovem meia corintiano teve com Nenê, ele garante que não era muito próximo ao experiente jogador em seus tempos de Vasco. Voltando a se reencontrar com o camisa 7 tricolor em São Paulo, Mateus Vital, embora não tenha aprovado o comportamento do seu ex-companheiro, garante que o respeito entre as partes é mútuo.

?A relação é nomrla de quem já jogou, mas não teve uma amizade tão próxima. Falo com ele normal, o respeito, e ele me respeita. É assim que eu levo com todos os companheiros que já tive?, prosseguiu o camisa 22.

Por fim, Vital também garantiu que o comportamento de Nenê no jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista não irá mudar em nada a postura do Corinthians no duelo de volta, em que o time alvinegro precisa vencer por, no mínimo, 1 a 0 para levar a decisão para os pênaltis ? um triunfo por dois ou mais gols de diferença garante a classificação do Timão no tempo regulamentar.

?Clássico já fala por si só, não vai ser o Nenê com uma atitude dessa que vai deixar o clima mais quente. É Corinthians x São Paulo, sempre vai ser quente?, concluiu o meia.

Gazeta Esportiva

TAGS