PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians não vira mata-mata desde 2014. Rival era o Braga

Em 2014, Corinthians de Ralf conseguiu passar pelo Bragantino após perder o primeiro jogo

08:30 | 19/03/2018

O Corinthians perdeu por 3 a 2 para o Bragantino na tarde do domingo e agora precisa de um feito que realizou apenas duas vezes nesta década: classificar-se em um mata-mata após perder a primeira partida. O alento para a equipe é que, na última ocasião em que isso ocorreu, em 2014, o adversário era justamente o time de Bragança Paulista.

Desde 2011, o Alvinegro tem em seu currículo um triunfo de virada sobre o Luverdense, na Copa do Brasil de 2013, quando perdeu por 1 a 0 no Mato Grosso e fez 2 a 0 no Pacaembu. Depois, só conseguiu o feito em um embate pelas oitavas de final da mesma competição, mas em 2014.

Naquela ocasião, o Bragantino também ?vendeu? o seu mando, atuando como mandante na Arena Pantanal, em Cuiabá, e disparando 1 a 0 no time de Mano Menezes. No duelo da volta, no entanto, os paulistanos resolveram tudo no primeiro tempo, com gols de Renato Augusto, Ralf e Felipe. Nem o gol de Guilherme Mattis, que fechou o placar em 3 a 1, foi capaz de sustentar o time do interior na competição.

Apesar do histórico pouco animador, há de se ressaltar que o Timão só saiu atrás em outros dois mata-matas na década, ambos na Copa Libertadores da América. Em 2013, foi derrotado por 1 a 0 pelo Boca Juniors, na Bombonera, e acabou eliminado nas oitavas de final após empate por 1 a 1 no Pacaembu, em jogo marcado por uma péssima arbitragem do paraguaio Carlos Amarilla.

A outra ocasião foi a traumática queda da equipe diante do Guaraní-PAR, em 2015, também pelas oitavas de final.  Badalado, o time do técnico Tite foi irreconhecível no duelo de ida, caindo por 2 a 0 no Defensores del Chaco. Depois, em Itaquera, sofreu para passar a boa defesa adversária, teve Fábio Santos e Jadson expulsos e, nos acréscimos, levou o gol que decretou o 1 a 0 para o rival dentro da sua casa.

Corinthians em mata-matas na década (apenas duelos decididos em dois jogos desde 2011):

50 partidas

20 vitórias

21 empates

9 derrotas

16 classificações

9 eliminações

Gazeta Esportiva

TAGS