PUBLICIDADE
Esportes

Capixaba vira exemplo para Corinthians ter cautela com Matheus

Último atacante a ser incorporado ao elenco do Corinthians, o jovem Matheus Matias será tratado com cautela pela comissão técnica chefiada por Fábio Carille. O time tem uma reconhecida carência no seu setor ofensivo, mas o comandante se apega aos problemas que outro novato recém-chegado enfrentou para justificar a sua postura. ?Tivemos que acelerar o [?]

08:30 | 03/03/2018

Último atacante a ser incorporado ao elenco do Corinthians, o jovem Matheus Matias será tratado com cautela pela comissão técnica chefiada por Fábio Carille. O time tem uma reconhecida carência no seu setor ofensivo, mas o comandante se apega aos problemas que outro novato recém-chegado enfrentou para justificar a sua postura.

?Tivemos que acelerar o processo com o Juninho Capixaba por necessidade. Ele sentiu, preciso ser verdadeiro, mas tem potencial. Castán, Uendel, Arana, Paulinho e tantos outros também demoraram um pouco a se firmar. Jogar no Corinthians é diferente?, comentou Carille, recentemente.

Vindo do Bahia, Juninho Capixaba chegou a São Paulo com a missão de ser o sucessor de Guilherme Arana, vendido ao Sevilla, da Espanha. Mesmo elogiado por sua habilidade, o reforço de 20 anos mostrou deficiências defensivas e pareceu afetado emocionalmente pela titularidade no Corinthians. Acabou na reserva de um jogador improvisado em sua função, o volante Maycon.

Carille não quer que Matheus Matias, que chegou do ABC com o status de goleador do futebol brasileiro no início de temporada, acuse problemas semelhantes. O novato ainda não é visto como uma solução para a carência do artilheiro Jô, que está no Nagoya Grampus, do Japão. Sem se convencer também com Kazim e Júnior Dutra, o técnico tem escalado o Corinthians sem um atacante de referência.

?O Matheus está chegado agora de um ABC, tem 19 anos. Não sabemos como é a personalidade dele. Não conhecemos o garoto ainda. Às vezes, joga, toma uma vaia??, comentou Carille.

Inscrito na Copa Libertadores da América e não no Campeonato Paulista, Matheus tem chamado a atenção da comissão pela técnica apurada nos treinamentos. Fisicamente, contudo, o atacante ainda está bastante abaixo dos seus companheiros.

É possível, portanto, que Juninho Capixaba volte a ser utilizado antes mesmo da estreia de Matheus Matias. Por enquanto, Carille prefere confiar em Maycon. ?Acredito muito no Juninho. Ali na frente, ele dará uma resposta muito boa. Já o Maycon jogou um ano inteiro de sub-20 como lateral. Vi muitos jogos dele assim, o que me dá tranquilidade?, concluiu o treinador.

Gazeta Esportiva

TAGS