PUBLICIDADE
Esportes

Sheik nega falta em lance de gol anulado: ?Sou um cara verdadeiro?

O Corinthians perdeu a grande oportunidade de se redimir após as duas derrotas consecutivas no Campeonato Paulista. Visitando o Red Bull Brasil nesta segunda-feira, em Campinas, a equipe do técnico Fábio Carille não conseguiu sair de campo com o resultado positivo por conta de uma suposta falta de Emerson Sheik no lance do gol anulado [?]

22:30 | 19/02/2018

O Corinthians perdeu a grande oportunidade de se redimir após as duas derrotas consecutivas no Campeonato Paulista. Visitando o Red Bull Brasil nesta segunda-feira, em Campinas, a equipe do técnico Fábio Carille não conseguiu sair de campo com o resultado positivo por conta de uma suposta falta de Emerson Sheik no lance do gol anulado marcado por Rodriguinho. Acionado no segundo tempo, o experiente atacante não enxergou qualquer infração na jogada.

?Quando é, eu falo. Sou um cara extremamente verdadeiro. Agora, na jogada ali eu não lembro de ter apoiado o braço. Enfim, acho que não foi falta?, afirmou Sheik, demonstrando certa apatia por conta do empate.

O lance aconteceu já na reta final da partida, aos 34 minutos do segundo tempo. Fagner levou pela linha de fundo e cruzou na medida para Sheik, que, nas costas da marcação, tentou cabecear em direção ao gol. A bola sobrou para Rodriguinho, que bateu rasteiro e balançou as redes, mas o juiz já havia marcado a falta.

Rodriguinho, autor do gol anulado, também não se conformou com a decisão de Vinícius Furlam. O meia, no entanto, preferiu não se alongar nas lamentações e pregou a importância do próximo compromisso do Corinthians, marcado para o sábado, contra o Palmeiras, em Itaquera.

?Não sei o que foi que ele [juiz] deu. Acho que deu falta do Emerson. Achei que não foi nada, mas ele marcou. A respeito do nosso time, estamos nos cobrando bastante, porque sabemos que podemos melhorar e temos que melhorar. Temos que nos concentrar, temos um jogo importante, e, quem sabe, possa ser igual ao ano passado?, completou Rodriguinho, se referindo ao início difícil do Timão antes de se sagrar campeão paulista e, posteriormente, brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS