PUBLICIDADE
Esportes

Carille volta a defender Capixaba, mas admite busca por novo lateral

Foi do lateral esquerdo Juninho Capixaba o gol do empate do Red Bull Brasil com o Corinthians, por 1 a 1, na noite desta segunda-feira, no Moisés Lucarelli. O novato que veio do Bahia por R$ 6 milhões, além da cessão de parte dos direitos econômicos do goleiro Douglas, atrapalhou-se com o goleiro Cássio e [?]

23:15 | 19/02/2018

Foi do lateral esquerdo Juninho Capixaba o gol do empate do Red Bull Brasil com o Corinthians, por 1 a 1, na noite desta segunda-feira, no Moisés Lucarelli. O novato que veio do Bahia por R$ 6 milhões, além da cessão de parte dos direitos econômicos do goleiro Douglas, atrapalhou-se com o goleiro Cássio e cabeceou a bola para o alto ao anotar contra.

?Não vi o lance ainda, mas os dois foram na bola e, infelizmente, tomamos o gol?, resumiu o técnico Fábio Carille, mais uma vez evitando crucificar Juninho Capixaba.

Para piorar, a aposta do Corinthians para suceder o prata da casa Guilherme Arana, vendido ao espanhol Sevilla, machucou o joelho e precisou ser substituído pelo volante Gabriel após o lance infeliz. ?Ele não saiu porque errou. Não vamos começar a criar esse tipo de coisa. É um jovem de 20 anos, que fez poucos jogos pelo Bahia e tem qualidade técnica. Aos poucos, vai evoluir?, confiou o treinador corintiano.

O otimismo não fez Fábio Carille deixar de se precaver. Ansioso para ganhar também um centroavante para enfim suprir a carência aberta por Jô, negociado com o japonês Nagoya Grampus, ele já pediu a chegada de um novo lateral esquerdo ao presidente Andrés Sanchez.

Até ao admitir o seu desejo de ter outro jogador para a função, porém, Carille tentou ser cuidadoso. O treinador não quis associar a procura à má fase de Capixaba, que tem o também jovem Guilherme Romão como reserva. ?Todo time precisa ter dois laterais. O Romão é um meia-atacante que vem trabalhando ali também. Só por isso?, minimizou, incomodado.

A pancada no joelho sofrida contra o Red Bull poderá servir para Capixaba deixar o time titular corintiano no clássico contra o Palmeiras, no sábado, em Itaquera. O que não significaria espaço para Romão. Carille cogita improvisar o volante Maycon no setor no Derby.

Autocrítica

O goleiro Cássio, que desferiu um olhar de decepção ao ser vazado por Capixaba, também contemporizou e repartiu a culpa após a igualdade com o Red Bull. ?O pessoal não conseguiu afastar. Saí do gol e acabei não gritando porque fui mirando a bola. Não vi que ele estava lá. Acabamos levando o empate em uma bobeira?, lamentou.

Gazeta Esportiva

TAGS