PUBLICIDADE
Esportes

Carille absolve arbitragem e volta a reclamar de passes errados

O técnico Fábio Carille voltou a reclamar dos passes errados do Corinthians, principalmente no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Santo André, na noite desta sexta-feira, no Bruno José Daniel. Inconformado com a dificuldade em manter a posse de bola, problema apontado por ele desde o clássico contra o São Paulo, [?]

21:15 | 09/02/2018

O técnico Fábio Carille voltou a reclamar dos passes errados do Corinthians, principalmente no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Santo André, na noite desta sexta-feira, no Bruno José Daniel. Inconformado com a dificuldade em manter a posse de bola, problema apontado por ele desde o clássico contra o São Paulo, ele eximiu de culpa até a arbitragem pelo impedimento não marcado no gol de Lincom, que decretou a vitória do Ramalhão.

?Pela segunda vez seguida, gostei muito do primeiro tempo, onde criamos mais oportunidades no ano. Viramos 1 a 0. Como em Novo Horizonte, ficamos abaixo. Nada a falar da arbitragem, a gente errou muito. Temos que jogar mais?, comentou o treinador, apontando a dificuldade do lance em questão.

?Eu não gosto de ficar falando da arbitragem, todo mundo sabe. Só aponto os erros quando é algo muito claro, como aconteceu naquele gol do Jô, contra o Flamengo (pelo Brasileiro do ano passado). Preciso até ver o lance ali, mas me parece que era algo bem ajustado?, continuou Carille, elogiando a postura do adversário.

?Santo André surpreendeu pelos gols, não que foi melhor. Foi o jogo que mais criamos oportunidades. Voltamos abaixo, como em Novo Horizonte. Estamos no caminho para melhorar a cada dia?, analisou o técnico, sem esconder sua insatisfação pelo resultado. Arredio em alguns momentos, não gostou quando foi perguntado se aquele revés abalava a equipe.

?Essa pergunta é brincadeira. Gente, continua a vida! Não é uma derrota que vai mudar tudo, o ano ainda está no início, estamos liderando nossa chave. Sabemos que precisamos melhorar. Por causa de uma derrota eu vou trancar os caras no sábado e no domingo? Vamos manter a programação. Muitos não vão fazer nada, outros vão fazer, cada um faz o que quer, é folga deles?, concluiu.

Líder do Grupo A com 12 pontos conquistados, o Timão está cinco pontos à frente do Bragantino e do Ituano, mas pode ver o time de Itu diminuir a vantagem no final de semana. Ainda assim, a equipe não corre o risco de perder a ponta da chave antes do duelo contra o São Bento, às 21h45 (de Brasília), no estádio de Itaquera.

Gazeta Esportiva

TAGS