PUBLICIDADE
Esportes

Lucca nega problemas com Carille e diz que quer ficar no Corinthians

O atacante Lucca teve sua primeira oportunidade para ser titular na noite da última quarta-feira, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre a Ferroviária, no estádio do Pacaembu. Substituído no segundo tempo para a entrada de Clayson, o jogador, que fez 24 gols no ano passado atuando pela Ponte Preta, disse que tem [?]

05:30 | 25/01/2018

O atacante Lucca teve sua primeira oportunidade para ser titular na noite da última quarta-feira, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre a Ferroviária, no estádio do Pacaembu. Substituído no segundo tempo para a entrada de Clayson, o jogador, que fez 24 gols no ano passado atuando pela Ponte Preta, disse que tem bem claro na cabeça o que pode fazer pelo clube nesta temporada. Tudo é claro, já conversado com o técnico Fábio Carille.

?Já conversamos, deixamos tudo claro, muitos dizem que a gente tem um relacionamento complicado, não tenho problema nenhum com ele, as decisões dele. Quem ele colocar para jogar, quem não for escolhido vai ter que esperar, sem problema. Isso nunca teve?, comentou o atacante, esclarecendo que não tem qualquer proposta para deixar o Timão.

?Não chegou nada para mim, não, só vejo com vocês, meu pensamento é de permanecer?, disse o camisa 30, abordado por diversos torcedores corintianos na saída do vestiário, mesmo sem conseguir uma boa participação diante do time do interior. Para ele, no entanto, o desempenho foi o aceitável.

?Acho que fui bem, sim, vale citar que a equipe deles fez uma bela partida também, muito bem montada. Não vou dizer que foi uma partida brilhante, mas procurei a ajudar a equipe da melhor maneira possível?, analisou, reconhecendo uma dificuldade na recomposição defensiva.

?Está tranquilo, o que pesou mais foi a falta de ritmo, começar jogando pela primeira vez. No dia a dia a gente vai pegando esse ritmo. Já joguei na direita, esquerda, por dentro. Onde eu for solicitado, estou à disposição?, concluiu o atleta que, a princípio, será utilizado pela esquerda por Carille.

Gazeta Esportiva

TAGS
Lucca nega problemas com Carille e diz que quer ficar no CorinthiansSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Lucca nega problemas com Carille e diz que quer ficar no Corinthians

O atacante Lucca teve sua primeira oportunidade para ser titular na noite da última quarta-feira, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre a Ferroviária, no estádio do Pacaembu. Substituído no segundo tempo para a entrada de Clayson, o jogador, que fez 24 gols no ano passado atuando pela Ponte Preta, disse que tem [?]

05:30 | 25/01/2018

O atacante Lucca teve sua primeira oportunidade para ser titular na noite da última quarta-feira, na vitória do Corinthians por 2 a 1 sobre a Ferroviária, no estádio do Pacaembu. Substituído no segundo tempo para a entrada de Clayson, o jogador, que fez 24 gols no ano passado atuando pela Ponte Preta, disse que tem bem claro na cabeça o que pode fazer pelo clube nesta temporada. Tudo é claro, já conversado com o técnico Fábio Carille.

?Já conversamos, deixamos tudo claro, muitos dizem que a gente tem um relacionamento complicado, não tenho problema nenhum com ele, as decisões dele. Quem ele colocar para jogar, quem não for escolhido vai ter que esperar, sem problema. Isso nunca teve?, comentou o atacante, esclarecendo que não tem qualquer proposta para deixar o Timão.

?Não chegou nada para mim, não, só vejo com vocês, meu pensamento é de permanecer?, disse o camisa 30, abordado por diversos torcedores corintianos na saída do vestiário, mesmo sem conseguir uma boa participação diante do time do interior. Para ele, no entanto, o desempenho foi o aceitável.

?Acho que fui bem, sim, vale citar que a equipe deles fez uma bela partida também, muito bem montada. Não vou dizer que foi uma partida brilhante, mas procurei a ajudar a equipe da melhor maneira possível?, analisou, reconhecendo uma dificuldade na recomposição defensiva.

?Está tranquilo, o que pesou mais foi a falta de ritmo, começar jogando pela primeira vez. No dia a dia a gente vai pegando esse ritmo. Já joguei na direita, esquerda, por dentro. Onde eu for solicitado, estou à disposição?, concluiu o atleta que, a princípio, será utilizado pela esquerda por Carille.

Gazeta Esportiva

TAGS