PUBLICIDADE
Esportes

Júnior Dutra se satisfaz com gol de pênalti em estreia pelo Corinthians

Primeiro reforço contratado pelo Corinthians para 2018, o atacante Júnior Dutra ficou satisfeito com a sua estreia pelo novo clube. O atleta vindo do Avaí foi um dos reservas utilizados pelo técnico Fábio Carille no segundo tempo do empate por 1 a 1 (com vitória nos pênaltis por 5 a 4) com o holandês PSV, [?]

08:15 | 11/01/2018

Primeiro reforço contratado pelo Corinthians para 2018, o atacante Júnior Dutra ficou satisfeito com a sua estreia pelo novo clube. O atleta vindo do Avaí foi um dos reservas utilizados pelo técnico Fábio Carille no segundo tempo do empate por 1 a 1 (com vitória nos pênaltis por 5 a 4) com o holandês PSV, na noite de quarta-feira, em Orlando, pela Copa Flórida.

?Jogar no Corinthians é emocionante, para sentir na pele. É preciso ter muita luta. Fiquei muito feliz com o jogo. Ainda que seja uma preparação, é muito bom vencer?, comemorou Júnior Dutra.

Com a bola rolando, o novo atacante corintiano pouco participou da partida, já que o PSV dominou as ações no segundo tempo. Na disputa por pênaltis, contudo, mostrou estar com a pontaria ajustada e abriu o caminho para o triunfo do time brasileiro.

?Mesmo nos pênaltis, é bom começar com o pé direito. O gol valeu, sim. Gol é gol, mesmo de pênalti?, disse Júnior Dutra, ponderando que o Corinthians enfrentou um adversário que lidera o Campeonato Holandês, com a sua equipe principal, e está no meio da temporada europeia. ?Eles estão com ritmo?, apontou.

Quem também gostou do rendimento do Corinthians foi o autor do único gol da equipe brasileira antes da definição na marca da cal. Aos 22 minutos do primeiro tempo, o meia Rodriguinho aproveitou uma cobrança de falta da direita do também armador Jadson e completou para dentro com uma finalização cruzada.

?É bom começar o ano com o pé direito, literalmente. Vamos dar sequência ao trabalho para ter um ano tão positivo quanto foi o último?, disse Rodriguinho.

Gazeta Esportiva

TAGS
Júnior Dutra se satisfaz com gol de pênalti em estreia pelo CorinthiansSport Club Corinthians Paulista | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Júnior Dutra se satisfaz com gol de pênalti em estreia pelo Corinthians

Primeiro reforço contratado pelo Corinthians para 2018, o atacante Júnior Dutra ficou satisfeito com a sua estreia pelo novo clube. O atleta vindo do Avaí foi um dos reservas utilizados pelo técnico Fábio Carille no segundo tempo do empate por 1 a 1 (com vitória nos pênaltis por 5 a 4) com o holandês PSV, [?]

08:15 | 11/01/2018

Primeiro reforço contratado pelo Corinthians para 2018, o atacante Júnior Dutra ficou satisfeito com a sua estreia pelo novo clube. O atleta vindo do Avaí foi um dos reservas utilizados pelo técnico Fábio Carille no segundo tempo do empate por 1 a 1 (com vitória nos pênaltis por 5 a 4) com o holandês PSV, na noite de quarta-feira, em Orlando, pela Copa Flórida.

?Jogar no Corinthians é emocionante, para sentir na pele. É preciso ter muita luta. Fiquei muito feliz com o jogo. Ainda que seja uma preparação, é muito bom vencer?, comemorou Júnior Dutra.

Com a bola rolando, o novo atacante corintiano pouco participou da partida, já que o PSV dominou as ações no segundo tempo. Na disputa por pênaltis, contudo, mostrou estar com a pontaria ajustada e abriu o caminho para o triunfo do time brasileiro.

?Mesmo nos pênaltis, é bom começar com o pé direito. O gol valeu, sim. Gol é gol, mesmo de pênalti?, disse Júnior Dutra, ponderando que o Corinthians enfrentou um adversário que lidera o Campeonato Holandês, com a sua equipe principal, e está no meio da temporada europeia. ?Eles estão com ritmo?, apontou.

Quem também gostou do rendimento do Corinthians foi o autor do único gol da equipe brasileira antes da definição na marca da cal. Aos 22 minutos do primeiro tempo, o meia Rodriguinho aproveitou uma cobrança de falta da direita do também armador Jadson e completou para dentro com uma finalização cruzada.

?É bom começar o ano com o pé direito, literalmente. Vamos dar sequência ao trabalho para ter um ano tão positivo quanto foi o último?, disse Rodriguinho.

Gazeta Esportiva

TAGS