PUBLICIDADE
Esportes

Jogadores do Corinthians evitam empolgação exagerada com vitória

Enquanto os torcedores comemoravam entusiasticamente nas arquibancadas do Pacaembu, os jogadores do Corinthians deixavam o gramado com um discurso mais contido após a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, neste sábado. A ordem era não se empolgar demasiadamente com o sucesso no primeiro clássico do ano. ?Sabemos da importância, do peso para [?]

19:30 | 27/01/2018

Enquanto os torcedores comemoravam entusiasticamente nas arquibancadas do Pacaembu, os jogadores do Corinthians deixavam o gramado com um discurso mais contido após a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, neste sábado. A ordem era não se empolgar demasiadamente com o sucesso no primeiro clássico do ano.

?Sabemos da importância, do peso para as duas equipes, mas são os mesmos três pontos dos jogos contra a Ferroviária e o São Caetano?, alertou o lateral direito Fagner, embora elogioso ao rendimento corintiano. ?A equipe está de parabéns pelo que fez, pela maneira como se comportou, sabendo sofrer e criar oportunidades.?

Autor do primeiro gol do Majestoso ? o zagueiro Balbuena fechou o marcador ?, o meia Jadson ponderou que o Corinthians não chegou a ser soberano em toda a partida. ?Foi um jogo equilibrado. Ainda assim, sempre é bom vencer clássico. Dá confiança para o restante do campeonato?, comentou.

Foi com essa mesma postura que o Corinthians conquistou os títulos paulista e brasileiro em 2017. Inicialmente apontado como a quarta força do Estado, o time não se abateu e, com um discurso humilde e uma sucessão de vitórias, calou os seus críticos.

?Essa equipe tem a mesma cara daquela do ano passado: briga muito, sabendo que precisa cumprir função em campo. Os jogadores que já estavam aqui e aqueles que chegaram têm esse mesmo ímpeto?, avisou Fagner.

Gazeta Esportiva

TAGS