PUBLICIDADE
Esportes

Corinthians promete pagar prêmio do Brasileiro até o final do mês

O Corinthians prometeu ao elenco quitar a dívida envolvendo a premiação do Campeonato Brasileiro até o final deste mês, nos últimos dias da gestão Roberto de Andrade, que deixará o cargo após as eleições presidenciais, marcadas para o dia 3 de fevereiro. A ideia é entregar a folha de pagamento sem dívidas de curto prazo [?]

15:30 | 23/01/2018

O Corinthians prometeu ao elenco quitar a dívida envolvendo a premiação do Campeonato Brasileiro até o final deste mês, nos últimos dias da gestão Roberto de Andrade, que deixará o cargo após as eleições presidenciais, marcadas para o dia 3 de fevereiro. A ideia é entregar a folha de pagamento sem dívidas de curto prazo ao próximo mandatário, possibilitando investimentos no elenco do futebol.

A informação foi publicada inicialmente pelo GloboEsporte.com e confirmada pela Gazeta Esportiva, sendo que o próprio Alvinegro ainda não sabe a data exata em que isso pode ocorrer. A justificativa para a demora no repasse do valor foi que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), responsável por realizar o pagamento aos clubes, só conseguiu processar o montante completo neste mês.

Ao todo, foram pagos R$ 18 milhões para o Timão pelo título da competição, sendo que 60% desse total (R$ 10,8 milhões) será dividido entre os atletas. A distribuição se dará de acordo com o número de partidas atuadas, com os mais frequentes, como o goleiro Cássio e o volante Gabriel, por exemplo, ganhando, logicamente, mais do que os que menos atuaram, como o zagueiro Léo Santos.

A premiação do Brasileiro é encarada pela atual administração como última pendência para encerrar a gestão do clube. A contratação de um centroavante, que já foi tratada como prioridade, será deixada para o novo presidente, com o poder de decidir se fará um grande investimento ou não para o setor.

Gazeta Esportiva

TAGS