PUBLICIDADE
Esportes

Renato Augusto elogia e prevê Jadson ?ainda melhor? em 2018

Jadson chegou a perder a posição de titular, mas terminou bem o ano

05:45 | 12/12/2017

O meia Renato Augusto formou ao lado de Jadson a dupla de armadores do Corinthians campeão do Brasileiro em 2015, elogiados como, possivelmente, os dois melhores jogadores daquela competição. Separados desde então, com Renato na China e Jadson, após hiato de um ano, novamente no Alvinegro, os dois ainda nutrem admiração mútua pelas respectivas capacidades de jogar futebol.

?Jadson é um jogador de qualidade indiscutível. Um dos melhores meias com quem eu joguei?, comentou o armador da Seleção Brasileira, que disse ter acompanhado a performance do camisa 10 corintiano na última temporada, detalhando os momentos vividos pelo ex-companheiro.

?Ele já chegou jogando muito já no começo, teve uma produção acima do esperado para todos. Uma hora ele ia cair de rendimento, é normal, coisa do ser humano. Esperava que ele demorasse mais para jogar bem, mas ele começou bem e acabou produzindo menos no meio do campeonato?, explicou Renato, animado pelo encerramento de torneio de Jadson.

Titular incontestável quando chegou, Jadson fez gols decisivos no Paulista, inclusive um na final do torneio. Depois, participou bem nos duelos contra Palmeiras e Grêmio, ainda no primeiro turno, mas acabou prejudicado por uma lesão na costela, contra o Avaí, na 15ª rodada. Sem retomar a melhor forma, perdeu a titularidade para Clayson, mas deu sinais de melhora ao anotar diante do Fluminense, no jogo do título, e contra o Atlético-MG, na entrega da taça.

?Eu vi que ele conseguiu participar, fez até o gol contra o Fluminense. Conseguiu terminar bem o ano e pode ter certeza que, em 2018, ele vai estar ainda melhor?, apontou o atleta do Beijing Guoan-CHN, sem previsão de retorno ao futebol nacional.

?Vi que saiu uma notícia que eu tinha tudo certo com o Flamengo. Não sei de onde surgiu, quem deu essa notícia. Acho algo irresponsável, na verdade, não conversei com nenhum clube brasileiro. Estou feliz lá na China, me adaptei bem ao clube?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS