PUBLICIDADE
Esportes

Pablo nega propostas e confia que Fiel não guardará rancor

O zagueiro Pablo prefere evitar criar ainda mais polêmica com o Corinthians. Presente na gravação do Troféu Mesa Redonda, promovido pela TV Gazeta, nesta terça-feira, o jogador assegurou que ainda não sabe qual será o seu futuro profissional e tentou amenizar a intriga criada a partir da não renovação de contrato com o clube. ?Só [?]

21:15 | 05/12/2017

O zagueiro Pablo prefere evitar criar ainda mais polêmica com o Corinthians. Presente na gravação do Troféu Mesa Redonda, promovido pela TV Gazeta, nesta terça-feira, o jogador assegurou que ainda não sabe qual será o seu futuro profissional e tentou amenizar a intriga criada a partir da não renovação de contrato com o clube.

?Só tenho a agradecer. Foi um ano maravilhoso, impecável, o melhor da minha carreira?, destacou Pablo, que não pretende ser marcado negativamente pela Fiel ? como ocorreu com o centroavante peruano Paolo Guerrero, por exemplo, por igual motivo. ?Não vai ficar mágoa de nenhum dos lados. Foi um ano muito feliz. Sempre torcerei por essa torcida, que me apoiou o ano todo, mesmo nos momentos difíceis?, disse.

Até a mulher de Pablo, Suianne, estava com o discurso ensaiado. ?Se um dia houver a oportunidade, ele será muito feliz no Corinthians de novo?, ela afirmou.

O presidente Roberto de Andrade guardou, sim, mágoa de Pablo. A diretoria do Corinthians travou uma arrastada negociação para prorrogar o contrato do defensor, emprestado pelo francês Bordeaux até o final do ano, e irritou-se com os altos valores que ele insistia em receber. Antes da partida contra o Atlético-MG, em que os jogadores foram premiados como campeões brasileiros, decidiu pelo seu afastamento.

?Ainda estou tentando entender, mas sou funcionário do Corinthians e cumpro ordens. Vida que segue?, acatou Pablo. ?Não sei se ?chateado? é a palavra, mas eu merecia estar no dia da festa. São escolhas e aceito, como profissional. Não foi pela minha vontade que não fui. Faz parte do futebol?, complementou.

Um dos motivos de insatisfação da diretoria corintiana seria o boato de que Pablo já tinha negociações avançadas para rumar ao Flamengo quando negociava com o Corinthians. ?Ainda não sei em qual clube jogarei. Existem muitas especulações, mas nada concreto. Hoje, não tenho nenhuma proposta oficial. Vamos aguardar para saber o que será melhor para mim e para a minha família?, comentou.

Em seu desabafo contra Pablo, Roberto de Andrade chegou a declarar que o atleta era um desconhecido no futebol brasileiro antes de passar pelo Corinthians nesta temporada. ?Foi um ano em que conquistei dois títulos e mostrei o meu potencial para muitas pessoas que não me conheciam. Mas, antes, já havia feito grandes campeonatos por Ponte Preta e Avaí, quando me destaquei no cenário nacional?, defendeu o ex-zagueiro corintiano.

Gazeta Esportiva

TAGS