PUBLICIDADE
Esportes

Cinco anos após título com Corinthians, Romarinho volta ao Mundial

Decisivo na conquista da Copa Libertadores 2012, Romarinho integrou o elenco que ganhou o Mundial pelo Corinthians. De volta ao torneio, agora com a camisa do Al Jazira, o meia-atacante enfrenta o Auckland City às 15 horas (de Brasília) desta quinta-feira, nos Emirados Árabes. ?Foi uma experiência marcante. Com certeza, uma das maiores da minha [?]

18:30 | 05/12/2017

Decisivo na conquista da Copa Libertadores 2012, Romarinho integrou o elenco que ganhou o Mundial pelo Corinthians. De volta ao torneio, agora com a camisa do Al Jazira, o meia-atacante enfrenta o Auckland City às 15 horas (de Brasília) desta quinta-feira, nos Emirados Árabes.

?Foi uma experiência marcante. Com certeza, uma das maiores da minha carreira. Ter sido decisivo na Libertadores e depois poder bater o Chelsea, um dos melhores times do mundo na época e grande força do cenário mundial. Entramos para a história?, comentou Romarinho.

Se ganhar do Auckland City, o time defendido pelo meia-atacante com passagem marcante pelo Corinthians enfrenta o japonês Urawa Reds. O espanhol Real Madrid apenas aguarda pelo ganhador da chave para brigar por uma vaga na decisão do Mundial.

?Agora, a situação é um pouco diferente?, comparou Romarinho. ?Temos um caminho mais longo, mas vamos jogar diante da nossa torcida. Temos de pensar na estreia, passar por este adversário e ir passo a passo?, afirmou o ex-jogador do Corinthians, experiente.

O meia-atacante disputa sua primeira temporada nos Emirados Árabes. Após três anos no Catar, defendendo o El Jaish, ele se transferiu para o Al Jazira. São 13 partidas disputadas, com quatro gols anotados e seis assistências. A equipe do brasileiro vem de nove partidas de invencibilidade (cinco vitórias e quatro empates).

?Tivemos alguns tropeços no começo, mas agora estamos bem. Faz parte no início da temporada, ainda mais quando chegam reforços. Sabemos das dificuldades de disputar um Mundial, mas temos a nossa qualidade e condições reais de avançar?, apostou Romarinho.

?Tenho conversado um pouco com os meus companheiros e passado o quanto é bom poder disputar essa competição. Já vimos equipes de menor expressão passarem pelas mais tradicionais e vamos levar isso como inspiração?, declarou o campeão mundial corintiano.

Gazeta Esportiva

TAGS