PUBLICIDADE
Esportes

Seguranças do Corinthians fazem camisa com provocação a rivais

Seguranças resolveram provocar os rivais por iniciativa própria

20:30 | 26/11/2017

Um grupo de seguranças do futebol profissional do Corinthians fez uma camisa provocativa ao Palmeiras e ao Santos para usar na tarde deste domingo, enquanto trabalhavam no empate por 2 a 2 entre os paulistas e o Atlético-MG, no estádio de Itaquera. Em grupo e por iniciativa própria, os profissionais colocaram uma inscrição ?7x sem fax? na barra das camisetas de trabalho, que continham o símbolo do clube.

A frase tem sido comum nas redes sociais, principalmente após a confirmação do heptacampeonato corintiano, oriunda da contestação dos alvinegros a respeito da unificação dos Campeonatos Brasileiros. Ocorrida em 2010, por ordem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a mudança incluiu os títulos da Taça Brasil, disputada entre 1959 e 1967, e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, jogado entre 1967 e 1970, na galeria dos campeões nacionais.

Com esse movimento, o Palmeiras, que oficialmente tinha apenas quatro conquistas saltou para oito e completou seu nono título no ano passado, em seu primeiro troféu nos pontos corridos. O Santos, por sua vez, pulou de dois Brasileiros para oito, com a união das láureas de Pelé e companhia na década de 1960 aos feitos de Robinho no começo dos anos 2000.

Ainda que sejam prestadores de serviço do Timão, os seguranças têm total responsabilidade pelo ato, de acordo com outros funcionários do Corinthians. Há duas semanas, por exemplo, eles confeccionaram uma camisa em homenagem a um ex-integrante do grupo, que falecera dias antes.

Gazeta Esportiva

TAGS