PUBLICIDADE
Esportes

Reunião durante a semana pode selar contratação de Pablo

Uma reunião marcada para acontecer entre terça e quarta-feira deve selar a contratação em definitivo do zagueiro Pablo pelo Corinthians, tratativa das mais trabalhosas do clube na atual temporada. Outrora acertada depois dada como suspensa pelo empresário do jogador, Fernando César, a negociação está próxima de um denominador comum para os dois lados. ?Não posso [?]

15:15 | 12/11/2017

Uma reunião marcada para acontecer entre terça e quarta-feira deve selar a contratação em definitivo do zagueiro Pablo pelo Corinthians, tratativa das mais trabalhosas do clube na atual temporada. Outrora acertada depois dada como suspensa pelo empresário do jogador, Fernando César, a negociação está próxima de um denominador comum para os dois lados.

?Não posso falar muito, porque quem está a cargo disso é o Flávio, mas claro que a nossa intenção é permanecer com o jogador. Como eu disse, em novembro nós iríamos resolver essas questões?, disse o presidente do clube, Roberto de Andrade, com um discurso pouco mais otimista do que o adotado pelo diretor de futebol alvinegro.

?Olha, nós esperamos acertar com o atleta, mas não vamos cometer nenhuma loucura financeira. Eu sempre falo que nós somos os mais lentos para contratar e é por causa disso, porque não podemos desperdiçar dinheiro. Não dá para fazer nada fora da nossa realidade?, explicou o dirigente, fazendo ressalvas quanto à necessidade de manutenção do camisa 3 no clube.

?O Corinthians não é dependente de nenhum jogador. Nós perdemos o Guerrero em 2015 e o que veio depois? Um título brasileiro e outro que está bem perto de acontecer?, afirmou Adauto, relembrando a conturbada saída do peruano, que não renovou seu contrato após longa novela e fechou com o Flamengo.

No caso de Pablo, a expectativa é pela aquisição dos direitos econômicos do jogador, emprestado até o final do ano e pertencente ao Bordeaux-FRA. O preço fixado pelos franceses é de 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) para a cessão total do jogador.

Ainda que se acerte com o atual titular, a expectativa é que o Alvinegro busque ao menos mais um nome para a zaga a pedido do técnico Fábio Carille. Na avaliação do treinador, a temporada de 2018 exigirá um elenco razoavelmente maior do que o atual, principalmente para disputar a Libertadores da América e a Copa do Brasil sem deixar o Brasileiro de lado.

Gazeta Esportiva

TAGS