PUBLICIDADE
Esportes

Jô é denunciado por agressão, mas não corre risco de perder o clássico

O Corinthians vive má fase no Campeonato Brasileiro, viu os principais adversários na luta pelo título se aproximarem e, de quebra, recebeu mais uma notícia ruim nesta quarta-feira, vinda do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante Jô foi denunciado e pode desfalcar a equipe na reta final da competição. O camisa 7 do [?]

20:00 | 01/11/2017

O Corinthians vive má fase no Campeonato Brasileiro, viu os principais adversários na luta pelo título se aproximarem e, de quebra, recebeu mais uma notícia ruim nesta quarta-feira, vinda do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante Jô foi denunciado e pode desfalcar a equipe na reta final da competição.

O camisa 7 do Timão foi enquadrado no artigo 254-A, por prática de agressão física. No jogo contra a Ponte Preta, em derrota corintiana por 1 a 0, o artilheiro do time no Brasileirão, já no fim da partida, acertou chute no zagueiro Rodrigo, da Macaca.

O árbitro Marcelo Aparecido de Souza não percebeu o lance e Jô não foi punido durante a partida. Porém, após uso de imagens de vídeo, o STJD optou por denunciar o atacante, que pode pegar pena de quatro a 12 partidas.

Como o julgamento acontece apenas na próxima quarta-feira, dia 8, o jogador não corre o risco de ficar fora do clássico contra o Palmeiras, no domingo. De qualquer forma, se for suspenso por seis ou mais duelos, não voltaria a atuar em 2017, já que restarão apenas seis rodadas.

Caso perca Jô, o técnico Fábio Carille tem como substituto imediato Kazim, que não caiu nas graças da torcida e costuma ter suas atuações questionadas. Ele ainda não marcou no Campeonato Brasileiro.

Além do atleta do Timão, a própria Ponte Preta também foi denunciada, por conta da ação de um gandula, que retardou a reposição da bola, e pelo fato de um torcedor ter arremessado um copo no gramado do Moisés Lucarelli. A pena para a Macaca é de multa entre R$ 100 e R$ 100 mil.

Gazeta Esportiva

TAGS