PUBLICIDADE
Esportes

Fora em fase decisiva, Cássio ouve pedido para ir ?tranquilo? à Seleção

Goleiro corintiano perderá até três jogos depois do Derby

06:45 | 04/11/2017

O goleiro Cássio fará no Derby deste domingo, contra o Palmeiras, um dos seus últimos jogos no Campeonato Brasileiro de 2017. Convocado pelo técnico Tite para a Seleção, que disputa amistosos contra Japão e Inglaterra nos dias 10 e 14 deste mês, ele ouviu do técnico Fábio Carille que não deveria se preocupar com sua ausência em metade da reta decisiva da competição nacional.

Atualmente o terceiro goleiro na preferência do ex-treinador corintiano, ele certamente não poderá enfrentar o Atlético-PR, na Arena da Baixada, na próxima quarta-feira, e o Avaí, em Itaquera, no dia 12, o domingo que sucede o Derby. Ainda é improvável que ele consiga chegar no Brasil a tempo para jogar contra o Fluminense, no dia 15, também na arena corintiana.

?Estou contando que ele fique fora três jogos. Se acaso conseguir jogar contra o Fluminense, vai ser lucro?, comentou Carille, que fez questão de ter uma conversa particular com o camisa 12 para que ele não se sentisse ?culpado? por deixar o restante do elenco justo no momento mais decisivo do torneio.

?É merecida a convocação e me deixa tranquilo pelos jogadores que tenho aí, principalmente o Walter. Jogadores até da Seleção da base, como o Matheus. Quem sabe a gente não esteja em uma situação muito mais confortável quando ele voltar?, continuou o comandante.

Apesar da tranquilidade de Carille, será a primeira vez que ele não poderá contar com Cássio pela primeira vez desde que foi contratado como treinador. Escolhido para essa temporada ainda em dezembro do ano passado, ele teve o Gigante como titular em 62 dos 63 jogos do ano.

Já Walter, que ainda não jogou na temporada, perdeu toda a primeira fase do Campeonato Paulista por causa de uma lesão no tórax. Inscrito posteriormente, ele perdeu a única brecha dada pelo companheiro, no último jogo daquela seção inicial, contra o Linense. Sem o ídolo da torcida e o reserva, o garoto Caíque foi o acionado na vitória por 3 a 1.

Contratado em 2013 pelo Timão, o atleta de 29 anos já atuou em 55 partidas pelo clube do Parque São Jorge, a última delas em dezembro do ano passado, na derrota por 3 a 2 para o Cruzeiro, no Mineirão. Titular no segundo semestre de 2016, ele só perdeu a vaga por ter sofrido lesão na pré-temporada, abrindo espaço para o ressurgimento de Cássio.

Gazeta Esportiva

TAGS