PUBLICIDADE
Esportes

Carille admite que propostas tiraram foco dos jogadores no segundo turno

Pela primeira vez, o técnico Fábio Carille apontou um fator além do ?relaxamento natural? propagado à época para a queda de produção do Corinthians no segundo turno. Na entrevista coletiva concedida após o empate por 2 a 2 entre o Alvinegro e o Fluminense, no estádio de Itaquera, ele admitiu que sondagens e propostas do [?]

20:30 | 26/11/2017

Pela primeira vez, o técnico Fábio Carille apontou um fator além do ?relaxamento natural? propagado à época para a queda de produção do Corinthians no segundo turno. Na entrevista coletiva concedida após o empate por 2 a 2 entre o Alvinegro e o Fluminense, no estádio de Itaquera, ele admitiu que sondagens e propostas do exterior mexeram com a cabeça de alguns dos seus jogadores na metade final do Campeonato Brasileiro.

?Então, agora dá para falar, né. Muito se falou de concentração, de o time perder o foco, e realmente naquele período ruim aconteceu. Muitos jogadores sendo procurados, o atleta começa a pensar numa possível mudança, morar na Europa, como seria?, afirmou o comandante corintiano, com sinceridade pouco comum para tratar de um assunto dificilmente abordado pelos profissionais do futebol.

?Faltava uma coisa dentro de campo. A diretoria trabalhando para impedir que isso chegasse, mas acontece. A gente conseguiu controlar, mas estava faltando alguma coisa?, avaliou Carille, que negou o fato durante boa parte da errante trajetória corintiana no segundo turno.

A queda de produção, agora relacionada a interesses de outros clubes nos jogadores do elenco, se deu desde o começo do returno, quando o Timão foi derrota pelo Vitória, dentro de casa. Além dessa, foram outras cinco derrotas e mais três empates, aliados a três vitórias, que diminuíram a vantagem na liderança.

Tudo isso ficou ainda mais evidente na comparação com as 19 rodadas iniciais do torneio. Com uma campanha quase irrepreensível, o time de Carille fez 14 vitórias e cinco empates, abrindo uma vantagem de oito pontos na liderança essencial na conquista.

O ponto de mudança, na avaliação de todos, foi o Derby, no dia 5 de novembro, quando o time voltou a ter uma boa atuação e se impôs sobre o Palmeiras, então vice-líder. A vitória por 3 a 2 acabou deixando o Alvinegro mais distante do arquirrival e marcou uma arrancada de quatro trunfos em dez dias, consolidando o heptacampeonato.

Do elenco atual, já tiveram confirmadas as saídas o zagueiro Pablo, que não se acertou com o clube para a compra dos seus direitos econômicos, vinculados ao Bordeaux-FRA, e o lateral esquerdo Guilherme Arana, que deve ser anunciado em breve pelo Sevilla-ESP.

Gazeta Esportiva

TAGS