PUBLICIDADE
Esportes

Arana agradece, mas nega ser o novo Marcelo: ?É outro nível?

O lateral esquerdo do Corinthians, Guilherme Arana, acordou na manhã desta terça-feira com a notícia de que o Barcelona estaria de olho na sua contratação em veículos espanhóis. Apontado como ?novo Marcelo? em matérias que elogiavam sua força e precisão nos cruzamentos, o corintiano agradeceu os elogios, mas fez questão de apontar uma enorme diferença [?]

17:15 | 07/11/2017

O lateral esquerdo do Corinthians, Guilherme Arana, acordou na manhã desta terça-feira com a notícia de que o Barcelona estaria de olho na sua contratação em veículos espanhóis. Apontado como ?novo Marcelo? em matérias que elogiavam sua força e precisão nos cruzamentos, o corintiano agradeceu os elogios, mas fez questão de apontar uma enorme diferença entre o seu futebol e o do titular da Seleção Brasileira.

?Não tem comparação, o Marcelo é outro nível?, começou o corintiano, bastante elogioso a outros jogadores da sua posição, como Alex Sandro, da Juventus, e Filipe Luís, do Atlético de Madrid. Com a ambição de um dia ser lembrado pelo técnico Tite, ele foi enfático ao apontar o defensor do Real Madrid como um dos modelos para sua carreira.

?Claro que eu sou jovem, vou evoluir, mas fico muito feliz de poder ser comparado. É um cara de outro mundo, muita qualidade. Você vê o Marcelo jogando você acha que ele está brincando, de tanta qualidade que ele tem. Então é um cara que eu estudo bastante?, avaliou o garoto de 20 anos, que já havia revelado admiração também por Roberto Carlos, outro nome histórico na sua posição.

?Sem dúvidas O Marcelo é o melhor do mundo hoje, não tem comparação. Marcelo, Roberto Carlos, eles são de outro mundo. Já faz um tempo que está em alto nível, sempre quando dá eu acompanho ele jogando e tento pegar algumas jogadas que ele faz?, disse o atleta, fissurado em ver vídeos dos ídolos.

?Antes desse clássico que eu fiz o gol contra o Palmeiras (no primeiro turno) eu vinha chutando algumas bolas e estava subindo. E meu pai sempre mandava alguns vídeos, então ele me mandou uns vídeos do Roberto Carlos chutando? óbvio que eu nunca vou chutar igual ele, porque, meu Deus do céu, mas acabou ajudando. Tive uma chance e fiz um gol?, relembrou, antes de  voltar sua cabeça para as seis rodadas finais do Brasileiro.

?Mas fico com a cabeça no lugar, certinho, falta pouco para terminar, temos que manter a cabeça no lugar porque não tem nada ganho. Vamos tentar vencer e coroar esse campeonato com um título?, ressaltou, confiante pelo triunfo por 3 a 2 sobre o Palmeiras, no Derby.

?Com certeza, vencendo um clássico você fica com moral. Vencer clássico é sempre muito importante. Os três clássicos contra o Palmeiras a gente venceu e isso me deu mais motivação ainda. Temos que trabalhar forte e temos de respeitar todas as equipes que a gente vai ter pela frente. Vamos colocar a cabeça no lugar e treinar firme porque vamos precisar de todo mundo?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS