PUBLICIDADE
Esportes

Corintianos veem empate de bom tamanho: ?Eles têm que correr atrás?

Os jogadores do Corinthians asseguraram que o plano sempre foi vencer o Grêmio, mas reconheceram que o empate por 0 a 0 diante do vice-líder do Campeonato Brasileiro ficou de bom tamanho para a equipe. Líder da competição, com 59 pontos, o Alvinegro pode ver a vantagem cair para no máximo sete nesta quinta-feira, caso [?]

23:30 | 18/10/2017

Os jogadores do Corinthians asseguraram que o plano sempre foi vencer o Grêmio, mas reconheceram que o empate por 0 a 0 diante do vice-líder do Campeonato Brasileiro ficou de bom tamanho para a equipe. Líder da competição, com 59 pontos, o Alvinegro pode ver a vantagem cair para no máximo sete nesta quinta-feira, caso o Santos derrote o Sport na Ilha do Retiro, em duelo marcado para as 21h (de Brasília).

?É isso que a gente precisa fazer, marcar bem para não perder os jogos, temos uma vantagem que os caras têm que correr atrás, querendo ou não, então a gente vai administrar?, analisou o meia Marquinhos Gabriel, que teve boa atuação ao substituir Romero, construindo os dois melhores lances da equipe no segundo tempo. Para ele, o time soube ser frio ao não se expor e correr o risco de perder a partida.

?A gente está trabalhando para ficar campeão e a equipe do Grêmio começou a segurar o jogo, e eles que precisam do resultado. Precisamos ser inteligentes e administrar até o final do campeonato?, observou o armador, com opinião semelhante à de alguns dos seus companheiros.

?As rodadas vão passando e a gente ainda tem uma distância boa. Acho que foi um jogo muito equilibrado, muito difícil, o Grêmio também não teve muitas chances. Jogo de detalhes, não saímos vitoriosos, mas o empate não foi um mau resultado?, comentou o meia Rodriguinho.

?Tem que seguir nesse caminho, somando pontos importantes. Conseguimos o empate para manter essa vantagem que a gente tem sobre eles, mas ainda tem muito jogo, vamos ter que nos dedicar bastante para conseguir ficar lá em cima. A gente sai satisfeito porque o Grêmio é um concorrente direto, mas a gente vai ter muita coisa para fazer aqui no Brasileiro, vai ter que lutar bastante?, continuou o zagueiro Balbuena.

Gazeta Esportiva

TAGS