PUBLICIDADE
Esportes

Após revés, Corinthians perde status de melhor defesa para o Santos

Reconhecido por sua solidez, o Corinthians perdeu momentaneamente o status de melhor defesa do Campeonato Brasileiro para o rival Santos. Derrotado por 2 a 0 para o Bahia, no domingo, em Salvador, o time alvinegro sofreu 18 gols em 28 jogos. O Peixe, que enfrenta o Vitória, nesta segunda-feira, no Pacaembu, foi vazado 17 vezes. [?]

09:15 | 16/10/2017

Reconhecido por sua solidez, o Corinthians perdeu momentaneamente o status de melhor defesa do Campeonato Brasileiro para o rival Santos. Derrotado por 2 a 0 para o Bahia, no domingo, em Salvador, o time alvinegro sofreu 18 gols em 28 jogos.

O Peixe, que enfrenta o Vitória, nesta segunda-feira, no Pacaembu, foi vazado 17 vezes. Portanto, se passar incólume pelo duelo com os baianos, o time treinado por Levir Culpi irá manter o rótulo de melhor defesa do torneio nacional ao final da 28ª rodada.

Os dois gols sofridos na Arena Fonte Nova são incomuns de acontecerem na história recente da equipe corintiana. Aos 26 minutos do segundo tempo, Fagner perdeu a bola dentro da área alvinegra ao tentar sair jogando e viu o meia Vinicius se aproveitar do vacilo para abrir o placar.

Depois, já nos acréscimos, o goleiro Cássio se aventurou no ataque em busca do empate, deixando a meta vazia para que Régis decretasse a vitória do Bahia após contra-ataque originado por erro de passe de Marquinhos Gabriel.

A queda para o segundo lugar entre as melhores defesas do Brasileiro ocorre no momento em que a equipe alvinegra faz um segundo turno que contrasta com o domínio imposto no primeiro. Ainda assim, o Corinthians segue consolidado na ponta, com 58 pontos, nove a mais que o vice-líder Grêmio e a dez de diferença em relação ao terceiro colocado Santos.

?A gente já vem com essa gordura e em momento nenhum nos acomodamos por conta disso. No começo do segundo turno, tínhamos mais ou menos essa gordura que temos hoje?, recordou Cássio.

?Ficamos chateados (com a derrota para o Bahia), mas temos de virar a página rapidamente e já pensar no confronto de quarta-feira com o Grêmio, e se preparar da melhor maneira possível para buscar os três pontos em casa?, projetou.

Assim como Jô, o camisa 12 não vê motivos para o Corinthians se desesperar apesar dos recentes tropeços. ?Estamos a nove pontos do Grêmio, o Santos tem um jogo e pode diminuir a vantagem, mas ela continua boa. Temos o confronto direto com o Grêmio em casa, podemos aumentar essa distância, o campeonato está chegando na reta final?, concluiu Cássio.

Gazeta Esportiva

TAGS