Participamos do

Ferroviário goleia o Pacajus por 4 a 1 e conquista a segunda vitória seguida no Cearense

Com a vitória, o Tubarão da Barra segue na segunda colocação em busca de alcançar o líder Caucaia, enquanto o Índio do Vale permanece na quarta posição
20:57 | Jan. 24, 2022
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário goleou o Pacajus por 4 a 1 na noite desta segunda-feira, 24, no estádio João Ronaldo, pela sexta rodada do Campeonato Cearense de 2022. Os gols do Tubarão da Barra foram marcados por Edson Carius, Roni, Edson (contra) e André Baumer, enquanto Canga descontou para o Índio do Vale.

Com o resultado, o Coral conquista a segunda vitória consecutiva no certame estadual e chega aos 12 pontos, mantendo-se na segunda colocação. O Pacajus permanece na quarta posição, com oito pontos.

Na próxima rodada, o Coral encara o Crato, na quinta-feira, 27, às 15h30min, no estádio Elzir Cabral. O Índio do Vale enfrenta o Atlético-CE no Domingão, em Horizonte, também na quinta-feira.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Separados por um ponto na tabela de classificação, Pacajus e Ferroviário entraram em campo com objetivos importantes no campeonato: se firmar no G-4 e seguir na cola do líder Caucaia. O Tubarão da Barra iniciou a partida com as linhas de marcação avançadas, pressionando a saída de bola do Índio do Vale. Apesar do começo promissor, a equipe de Anderson Batatais não conseguiu manter o ritmo por muito tempo.

Com dificuldades nas construções ofensivas, o Coral pecava na quantidade de erros de passes e pouco ameaçou a meta defendida pelo goleiro Chris durante boa parte do primeiro tempo. O Pacajus, por outro lado, cresceu no jogo e criou oportunidades para abrir o placar, mas parou nas grandes defesas realizadas por Jonathan, e também no bandeirinha, que anulou — de forma correta — um gol marcado pelo Índio do Vale aos 30 minutos.

Quando o confronto caminhava para um 0 a 0 na primeira etapa, a estrela do artilheiro Edson Cariús apareceu. Já no último lance do jogo, Éder Lima chegou com velocidade pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Cariús, que antecipou os defensores adversários e cabeceou com força para estufar as redes.

O gol animou os jogadores do Ferrão para o segundo tempo. Na volta do intervalo, com menos de dois minutos de jogo, Roni, pelo lado direito, tentou cruzar, mas a bola acabou indo em direção à meta defendida por Chris e surpreendeu o goleiro, que nada pôde fazer.

Com dois tentos de vantagem, o jogo tornou-se tranquilo para o Ferroviário. A dificuldade de construir jogadas, antes pelo lado Coral, passou a ser da equipe comandada por Michel. Todas tentativas ofensivas do Índio do Vale no decorrer da segunda etapa foram facilmente neutralizadas pelo sistema defensivo do Tubarão.

Confortável, o Ferrão transformou a partida em goleada. Aos 20 minutos, em cobrança de escanteio, o atacante Edson cortou errado e empurrou a bola contra o próprio gol. Dez minutos depois, em uma falta próxima do meio campo, o zagueiro André Baumer aproveitou o lançamento para escorar de cabeça, sem chances de defesa para o arqueiro do Pacajus.

Apesar do placar bem encaminhado para o Ferroviário, o Pacajus seguiu valente para diminuir o marcador. O esforço foi recompensado aos 34 minutos, com o atacante Canga, em cobrança de pênalti. Sem tempo para mudar a história do jogo, o confronto terminou com triunfo coral.



Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente