PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Após quatro jogos sem vencer, Ferroviário tem maior jejum de triunfos na atual edição da Série C

O Tubarão da Barra empatou sem gols em casa com o Jacuipense-BA e está na sexta colocação do grupo A

Gabriel Lopes
16:00 | 15/11/2020
Calor de Horizonte às 15 horas atrapalhou o desempenho dos atletas
 (Foto: Lenílson Santos / Ferroviário)
Calor de Horizonte às 15 horas atrapalhou o desempenho dos atletas (Foto: Lenílson Santos / Ferroviário)

O momento do Ferroviário na Série C é preocupante. Após empatar por 0 a 0 com o Jacuipense-BA neste sábado, 14, no estádio Domingão, em Horizonte, o Tubarão da Barra chegou a quatro partidas sem vitórias na competição nacional. Essa é a pior sequência sem triunfos do clube coral na edição atual do torneio, que teve 15 rodadas disputadas até o momento.

A sequência inclui duas derrotas e dois empates, em duas partidas em casa, no estádio Domingão, em duas fora de casa. Os revezes aconteceram para Vila Nova-GO e Treze-PB, enquanto as igualdades, nos últimos dois compromissos, vieram diante de Manaus-AM e Jacuipense-BA.

Assim, restando os confrontos Paysandu-PA (5º) x Imperatriz (10º) e Vila Nova-GO (3º) x Botafogo-PB (9º), que acontecem nesta segunda-feira, 16, o Tubarão está na sexta colocação do grupo A da Terceirona, com 19 pontos. A diferença para o quarto colocado, o Manaus-AM, é de apenas um ponto. Contudo, em caso de vitória do Papão na rodada, a distância para o G4 pode aumentar para três pontos.

Para o Z4, o Ferroviário está quatro pontos na frente do nono colocado, o Botafogo-PB. Caso o Belo vença na rodada, o Treze-PB entraria no Z2 e a distância para o clube coral ficaria em dois pontos.

Faltam três rodadas para o fim da primeira fase da Série C. O Ferroviário terá pela frente na próxima rodada, domingo, 22, às 18 horas, contra o Paysandu-PA, em confronto direto por vaga no G4 do grupo A. Os embates restantes serão contra o Imperatriz-MA, em casa, equipe que só conquistou um ponto em 14 jogos e já está rebaixada para a Série D, e Santa Cruz-PE, fora de casa, líder isolado da chave e já classificado à etapa seguinte do certame.

Desde que a Série C passou a ser disputada no atual formato, em 2015, somente um time não conseguiu passar de fase no Grupo A com pontuação acima dos 27 pontos. A média geral do G4 da Terceirona costuma ser de 26 pontos. Só em uma temporada um time passou de fase com menos pontuação que a média geral. Assim, para atingir média histórica, o Ferroviário teria que somar sete pontos nas últimas três rodadas, ou seja, vencer pelo menos dois jogos e empatar um.