PUBLICIDADE
Cearenses
Noticia

Marcelo Vilar valoriza empate em Manaus e promete luta por vaga

Treinador coral aprovou o 1 a 1 com o Manaus, mas relembrou tropeços na Série C e comentou sobre as chances de classificação

19:04 | 08/11/2020
Técnico Marcelo Vilar à beira do campo na partida Manaus x Ferroviário, na Arena da Amazônia, pela Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário)
Técnico Marcelo Vilar à beira do campo na partida Manaus x Ferroviário, na Arena da Amazônia, pela Série C do Campeonato Brasileiro (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário)

O empate em 1 a 1 com o Manaus, no último sábado, 7, na Arena da Amazônia, não melhorou a situação do Ferroviário no Grupo A da Série C, mas foi valorizado pelo técnico Marcelo Vilar. O comandante coral valorizou o resultado, viu pontos positivos na partida e afirmou que a equipe buscará a classificação até a última rodada.

Em confronto direto por uma vaga no G-4, o Ferrão saiu na frente com gol de Willian Lira, mas os donos da casa empataram ainda no primeiro tempo com Hamilton. A segunda etapa foi mais equilibrada, e as condições climáticas de Manaus afetaram os jogadores da equipe cearense.

"O resultado foi bom, não fora os pontos que a gente perdeu em casa. Foi um jogo difícil, o time se houve bem, mas nós precisávamos da vitória. Ela não veio, então a gente tem que lamentar não o resultado de hoje (sábado), mas os resultados que nós deixamos de conquistar dentro de casa, que nos deixaria em uma situação melhor nesse momento", ponderou o treinador.

"Realmente, foi um bom primeiro tempo, mas a gente voltou a falhar na parte defensiva e tomou o gol, que, de certa forma, trouxe um ânimo maior para a equipe deles. No segundo tempo, o jogo foi parelho, entretanto, o calor e a umidade do ar aqui realmente causaram problema para determinados jogadores nossos, e a gente não teve forças para buscar a vitória no final do jogo, embora tenha até chegado e finalizado", analisou.

Com 18 pontos, o Tubarão da Barra poderia ter retornado à zona de classificação para a próxima fase da competição com um triunfo, mas permaneceu um ponto abaixo do time amazonense. Nas rodadas finais, o time coral terá confrontos diretos contra Jacuipense-BA, Paysandu-PA e Santa Cruz-PE, além de enfrentar o lanterna Imperatriz-MA.

"Eu confesso que não queria chegar nessa situação dessa forma, não. Pelo que o Ferroviário jogou na maioria das partidas, merecia estar em uma colocação melhor e em uma situação melhor. Entretanto, isso não aconteceu. Nós tivemos reveses dentro de casa que não esperávamos e comprometeu isso. Mas faltam quatro jogos, o Ferroviário tem demonstrado que não é inferior a nenhum desses times, tem feito partidas equilibradas e, às vezes, até com maior desempenho que os adversários. A gente vai acreditar e brigar até o último jogo, contra o Santa Cruz", garantiu Marcelo Vilar.

O próximo compromisso do Ferroviário será diante da Jacuipense, no próximo sábado, 14, a partir das 15 horas, no estádio Domingão, em Horizonte, pela 15ª rodada da Terceira Divisão.