PUBLICIDADE
Cearenses
Noticia

Ferroviário: "Temos que enaltecer o que há de bom e corrigir o que não vem dando certo", diz Vilar sobre reta final da Série C

O Tubarão enfrenta o Manaus no sábado, 7, às 17 horas, em disputa direta por vaga no G-4 do grupo A

Gabriel Lopes
19:05 | 05/11/2020
Marcelo Vilar, técnico do Ferroviário em 2020 (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)
Marcelo Vilar, técnico do Ferroviário em 2020 (Foto: Lenilson Santos/Ferroviário AC)

O Ferroviário tem uma decisão pela Série C do Campeonato Brasileiro no próximo sábado, 7, às 17 horas, na Arena da Amazônia. O clube coral enfrenta o Manaus-AM em disputa direta por uma vaga no G-4 do Grupo A do certame — posição que o Tubarão deixou na última rodada pela primeira vez nesta temporada, após derrota em casa para o Treze-PB. O clube manauara é o quarto colocado, com 18 pontos, enquanto o time da Barra do Ceará é o quinto, com 17.

Em entrevista coletiva guiada concedida nesta quinta-feira, 5, o técnico Marcelo Vilar falou sobre a importância do confronto. “É mais um jogo decisivo. Desde que começamos a competição eu venho usando o argumento com os atletas, que todo jogo é decisivo. E a gente tem encarado. Com o afunilamento da competição, isso vem se tornando real. Realmente é um jogo muito importante e difícil para o Ferroviário lá em Manaus”, disse.

A fase do clube cearense não é boa. São cinco derrotas nos últimos sete jogos, sendo duas delas consecutivas. Além disso, houve dispensa de cinco jogadores costumeiramente titulares, além do término de contrato de outro atleta. Vilar tentou traçar um panorama do que é necessário fazer para modificar o atual cenário.

“Existem coisas que a gente pode tornar pública e outras não, porque são coisas inerentes ao grupo. De maneira genérica, podemos falar que temos sempre que ser um time competitivo, que ataca bem e marca bem. Na maioria dos jogos temos feito isso. Entretanto, como é um jogo, nem sempre as coisas acontecem como a gente espera. Está acontecendo isso com o Ferroviário, de alguns jogos para cá as coisas não vem dando certo. Tudo no futebol, como na vida, é fase. Temos que enaltecer o que há de bom e corrigir o que não vem dando certo”, ressaltou.

Buscando repor as saídas de jogadores, o Ferroviário vem contratando vários atletas durante a semana. Nesta quinta-feira, o atacante Vitor Xavier foi anunciado. Ele tem 26 anos e estava disputando a Série D pelo Gama-DF. Pela equipe candanga, o atleta anotou oito gols na temporada de 2020. “Os (novos) jogadores já vão conosco. São atletas que conheço, que se encaixam bem no esquema de jogo desenvolvido aqui no Ferroviário. Espero que eles possam ajudar”, disse Vilar.

Conforme projeção do estatístico Thiago Minhoca, comentarista da rádio O POVO CBN, o Tubarão precisa de mais dez ou 11 pontos nos próximos cinco jogos para garantir vaga na segunda fase. Quatro vitórias, portanto, garantiriam o acesso nesse cenário. Três vitórias e um empate também podem ser suficientes.