PUBLICIDADE
Cearenses
Noticia

Em busca de primeira vitória na Série D, Guarany de Sobral enfrenta Campinense

Pela terceira rodada da primeira fase do torneio, Cacique do Vale recebe nesta quarta-feira a Raposa no Junco às 15h30min

Iara Costa
21:15 | 29/09/2020
Guarany de Sobral iria estrear na Série D 2020 diante do Salgueiro-PE em casa (Foto: Amaral Torquato/ Guarany de Sobral)
Guarany de Sobral iria estrear na Série D 2020 diante do Salgueiro-PE em casa (Foto: Amaral Torquato/ Guarany de Sobral)

Em busca da primeira vitória na Série D, o Guarany de Sobral recebe nesta quarta-feira, 30, no Junco, o Campinense-PB. A partida é válida pela terceira rodada da primeira fase do torneio. Com um jogo a menos e uma derrota, o Cacique do Vale enfrenta o vice-líder do grupo A-3. Com quatro pontos, o Rubro-Negro Paraibano vem ao Estado buscando ainda mais estabilidade na zona classificatória. 

Para o técnico Wallace Lemos, é importante que o Cacique busque o jogo desde o início, mesmo diante de um adversário difícil. "Expectativa de um grande jogo, contra uma equipe importante do Nordeste e da competição. Sabemos das dificuldades que iremos encontrar, mas sabemos da necessidade e da importância de buscarmos a vitória desde o início da partida. Será um jogo truncado, muito disputado, mas dentro do que a gente vem prospectando, precisamos e iremos buscar essa vitória do início ao fim", afirmou o treinador.

O clube não divulgou se terá baixas ou novidades da equipe para o duelo. Importante relembrar que na última partida, na derrota diante do Globo-RN fora de casa, o time sobralense ainda possuía alguns atletas ausentes por conta do surto de Covid-19 no elenco. Apesar desses desfalques, o lateral-esquerdo Fabinho, do time paraibano, não acredita que será um jogo fácil para a Raposa

"As dificuldades são o clima e o horário do jogo, às 15h30min, então é muito calor e acreditamos que isso é um dos fatores mais difíceis que podemos encontrar durante a partida contra o Guarany. É um time que foi reformulado quase totalmente, tem uns dois ou três remanescentes que eu conheço, mas é sempre difícil enfrentar o Guarany, principalmente nos seus domínios", falou o adversário.