PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Ferroviário: Olávio confia na versatilidade para jogar na lateral-direita

Jogador entrou após lesão de Gabriel Cassimiro contra o Manaus, e pode ser titular contra Jacuipense, caso titular não tenha condições de jogo

Victor Hugo Pinheiro
19:07 | 09/09/2020
Olávio tem ainda experiência como volante
 (Foto: Lenilson Santos / Ferroviário)
Olávio tem ainda experiência como volante (Foto: Lenilson Santos / Ferroviário)

O Ferroviário aproveita a semana de treinos para aprimorar a qualidade de jogo, visando conseguir a vitória diante do Jacuipense, pela sexta rodada da Série C, na próxima segunda-feira, 14, às 20 horas, em Pituaçu. O técnico Marcelo Vilar pode ter o desfalque do lateral-direito Gabriel Cassimiro, que está lesionado, mas o possível substituto Olávio (zagueiro), espera manter o nível do titular e, ainda, garante estar pronto para atuar em mais de uma posição, caso seja necessário.

"A versatilidade é minha principal característica. Praticamente, em todos os clubes que passei, busquei ajudar da melhor forma, seja como zagueiro, volante ou lateral-direito. Todas essas funções faço com facilidade. Sendo para ajudar a equipe, sempre vou estar à disposição", afirmou 

Após Gabriel Cassimiro sair lesionado no primeiro tempo do empate em 1 a 1 contra o Manaus, Olávio foi escolhido por Vilar para entrar em campo. Mesmo sem ser lateral-direito de origem, o jogador fez uma atuação segura e mostrou que é capaz de ser o substituto. Além de ter uma qualidade que pode ajudar o Tubarão: as cobranças de lateral para dentro da área. A jogada quase rendeu um gol ao atacante Willian Lira, porém o goleiro adversário conseguiu evitar.

Com dois jogos disputados fora de casa, o Tubarão tem uma derrota (contra o Remo) e uma vitória (diante do Treze). Para a terceira partida, a equipe coral espera um triunfo para compensar os pontos perdidos na partida anterior. Olávio avalia que os três pontos são fundamentais, mas o essencial é não perder em Salvador.

"Sempre vamos sair em busca dos três pontos. A vitória é sempre importante, mas se não for possível vencer, não podemos perder o jogo. Isso também conta, é um ponto. Qualquer pontuação fora de casa ajuda. Mas, sempre iremos em busca de vencer o jogo".

O Jacuipense disputou apenas três partidas na Série C e conquistou quatro pontos. A equipe baiana teve a partida contra o Imperatriz adiada na segunda rodada, devido ao surto de casos da Covid-19 no time maranhense. A outra partida ainda não realizada foi diante do Paysandu, que estava disputando as finais do Campeonato Paraense.