PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Arbitragem potiguar comanda Clássico-Rei desta terça

Com experiência em jogos da Série A do Brasileirão e Copa do Brasil, Caio Max Augusto vai conduzir duelo entre rivais cearenses

Victor Hugo Pinheiro
17:16 | 27/07/2020
Caio Max Augusto, do Rio Grande do Norte, apita Clássico-Rei (Foto: Divulgação)
Caio Max Augusto, do Rio Grande do Norte, apita Clássico-Rei (Foto: Divulgação)

Quanto mais decisiva é uma partida de futebol, aumenta a responsabilidade da arbitragem para não cometer erros. Para o Clássico-Rei desta terça-feira, 29, no Estádio de Pituaçu, válido pela semifinal da Copa do Nordeste, o responsável pelo apito será o árbitro Caio Max Augusto (Rio Grande do Norte). Completando o trio, Jean Márcio dos Santos-RN e Flávio Gomes Barroca-RN são os assistentes, enquanto Pablo Ramon Gonçalves-RN é o quarto árbitro.

Caio Max Augusto é um dos árbitros mais respaldados do Nordeste, tendo participado de 29 partidas da Série A do Campeonato Brasileiro em 2019, sendo 13 como árbitro principal, 12 na equipe do VAR e quatro vezes como quarto árbitro. Já na Copa do Brasil do ano passado, apitou quatro partidas.

Neste ano, apitou duas partidas da Copa do Nordeste. A vitória do Bahia diante do Confiança-SE, por 1 a 0 em 7 de março e conduziu o clássico de Alagoas entre CRB e CSA, que acabou em 1 a 1, no dia 9 de fevereiro.

A experiência do potiguar em jogos importantes deve ter sido um dos principais fatores para justificar a sua escolha no Clássico-Rei, aliado ao fato da CBF ter optado por não escalar um árbitro cearense no duelo entre os rivais

Vale ressaltar que a Copa do Nordeste não tem VAR, o que foi uma escolha feita entre os clubes participantes da competição e a Liga do Nordeste - responsável pela parte comercial da competição. A tecnologia será utilizada apenas nos jogos de ida e volta das finais do Nordestão.

A outra semifinal da Copa do Nordeste será disputada entre Bahia e Confiança-SE, na quarta-feira, 29 às 19h30min, no Estádio de Pituaçu, com a arbitragem sendo comandada pelo alagoano Denis da Silva Ribeiro. Os assistentes são Esdras Mariano de Lima e Brigida Cirilo Ferreira; José Ricardo Vasconcelos é o quarto árbitro, todos pertencentes ao estado de Alagoas.