PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Sindicato dos Atletas diz que jogadores são contrários à continuação do Campeonato Cearense

A entidade foi a única que pediu paralisação do Estadual na reunião que decidiu pela manutenção do jogos com portões fechados.

Brenno Rebouças
17:04 | 16/03/2020
Jogos no Castelão podem atrair até 60 mil torcedores.
Jogos no Castelão podem atrair até 60 mil torcedores. (Foto: FCO FONTENELE)

Jogadores dos times que ainda disputam o Campeonato Cearense não estão de acordo com a sequência da competição devido o estado de alerta quanto ao novo coronavírus. Quem afirma é o presidente do Sindicato dos Atletas Futebol Profissional do Estado do Ceará (Safece), Marcos Gaúcho. A entidade foi a única que pediu paralisação do Estadual na reunião que decidiu pela manutenção do jogos com portões fechados.

“Falei com os jogadores dos times e eles estão assustados, com receio de entrar em campo e nós defendemos que mesmo com portões fechados, os caras que trabalham em todo o conjunto do jogo podem estar infectados”, disse Marcos Gaúcho. Ele não conseguiu contato apenas com atletas do Barbalha, mas garante ter ouvido as lideranças dentro dos elencos de Ceará, Fortaleza, Ferroviário, Atlético-CE, Caucaia, Guarany de Sobral e Pacajus.

Gaúcho disse que conversou com o Ministério Público do Ceará (MP-CE), mas que o órgão, que antes estava inclinado a pedir paralisação para avaliação, decidiu tomar outro caminho. O Safece agora que vai voltar a conversar com os jogadores para relatar tudo que foi discutido na reunião e a depender do feedback tomará uma decisão sobre procurar outro órgão para buscar liminar, fazer alguma manifestação, protesto ao afins.