PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Ferroviário é derrotado pelo Treze e termina a rodada fora do G4 pela primeira vez

Tubarão perdeu por 2 a 0, jogando fora de casa, e estacionou nos 23 pontos, na sexta posição

17:58 | 11/08/2019
FORTALEZA, CE, BRASIL, 25-07-2019: Ferroviário x Sampaio Corrêa, Campeonato Brasileiro da Série C - Estádio Castelão. (Foto: Júlio Caesar/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 25-07-2019: Ferroviário x Sampaio Corrêa, Campeonato Brasileiro da Série C - Estádio Castelão. (Foto: Júlio Caesar/O POVO)(Foto: JÚLIO CAESAR)

O Ferroviário conheceu a quinta derrota consecutiva na tarde deste domingo, 11, e pela primeira vez nesta Série C 2019 está fora do G4. O time foi derrotado por 2 a 0 pelo Treze-PB, então lanterna da competição, com gols do atacante Eduardo e do zagueiro Adriano, no estádio Presidente Vargas, em Campina Grande (PB).

A derrota fez o Ferroviário estacionar nos 23 pontos, na sexta posição. O Tubarão, porém, pode cair até para a sétima posição, caso o Santa Cruz-PE vença o Confiança-SE, em jogo disputado a partir das 18 horas deste domingo, no estádio Batistão, em Aracaju. O Ferroviário, porém, está a um ponto da zona de classificação para o mata-mata, independente dos resultados dos jogos ainda a serem feitos. O Ferrão volta a campo no sábado, 17, também fora de casa. Enfrenta o Imperatriz-MA, às 19 horas.

O JOGO

De pouca inspiração, a partida foi resolvida na bola alçada na área. O primeiro tempo foi de poucas emoções. A primeira finalização só foi ocorrer aos 22 minutos. Após cruzamento de Cariús, a zaga cortou e Hiltinho aproveitou a sobra. O goleiro Paulo fez boa defesa e mandou para escanteio. Aos 32, foi a vez do Treze chegar pela primeira vez. Marcelinho Paraíba cobrou falta com perigo por cima do gol. Não foi suficiente para mudar o ritmo da partida, que continuou truncada até o intervalo.

O jogo voltou para a segundo etapa sem tempo para ver se a postura dos times iria mudar. Foi logo aos 5 minutos que o Treze abriu o placar. Em escanteio cobrado por Marcelinho Paraíba, Eduardo apareceu livre dentro da pequena área para apenas tocar para fundo do gol. O segundo gol veio rápido e também na bola parada. Aos 12 minutos, Paraíba, novamente, cobrou falta na área e o zagueiro Adriano cabeceou no cantinho direito de Nicolas.

O Ferroviário partiu para tentar, pelo menos, diminuir também apelando para a bola aérea. Mas foram poucas as oportunidades. Aos 18, em bola alçada na área, Cariús raspa e Caxito cabeceia. Paulo fez grande defesa, espalmando para escanteio. Mazinho, aos 22, também de cabeça, em falta jogada na área, mandou a bola, com perigo, à direita do gol. Não passou disso, porém. O Treze não quis mais muito jogo, sobretudo, quando teve Elielton expulso, aos 43. Já aos 50 minutos, Edson Cariús teve boa chance, livre e de frente para o gol. De perna esquerda, porém, mandou por cima do gol. Não era o dia do Ferrão, que teve de sair de campo, de fato, derrotado, mais uma vez.

O Povo