PUBLICIDADE
Esportes
Recuperação

Cearense sobrevivente de incêndio no CT do Flamengo já se alimenta sem auxílio de sonda

Em áudios divulgados pela mãe do garoto ao jornal Extra, ela fala aos familiares do goleiro sobre seu estado de saúde e ainda lamenta pelas famílias dos jovens que não conseguiram sobreviver a tragédia

16:57 | 09/02/2019
Francisco Dyogo está entre os três cearenses sobreviventes ao incêndio no CT do Flamengo. (Foto: Reprodução/Flamengo)
Francisco Dyogo está entre os três cearenses sobreviventes ao incêndio no CT do Flamengo. (Foto: Reprodução/Flamengo)

Sobrevivente do incêndio no CT do Flamengo, o cearense Francisco Dyogo, de 15 anos, já está ao lado da família. Em áudios divulgados pela mãe do garoto ao jornal Extra, ela fala aos familiares do goleiro sobre seu estado de saúde e ainda lamenta pelas famílias dos jovens que não conseguiram sobreviver a tragédia.

"Eu posso pegar ele, beijar e abraçar. É uma pena que algumas mães não possam fazer isso porque seus filhos se foram. Obrigada, família, pelo apoio e força", disse a auxiliar de serviços gerais Francisca Nélia. Os pais do jovem chegaram ao Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira.

Já em outro áudio enviado à irmã de Francisco, Naiane Alves, que está em Fortaleza, o próprio adolescente tranquiliza os parentes sobre seu estado de saúde. "Oi, mana. Logo eu estou aí, tá? Estou muito bem, não se preocupa não. Consegui me alimentar, tirei a sonda e já tirei o aparelho também. Está tudo bem", contou.

Francisco Dyogo está internado desde a madrugada dessa sexta-feira, 8, no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. Ele está no Flamengo há cerca de um ano ano e havia retornado ao Rio de Janeiro há duas semanas após passar férias com a família na capital cearense.

Redação O POVO Online