PUBLICIDADE
Esportes
HERÓICO

Com um a menos, Atlético-CE bate o Joinville e conquista classificação histórica na Copa do Brasil

Com dois gols de Dudu Itapajé, a Águia da Precabura venceu os catarinenses no PV e avançou na competição pela primeira vez

22:37 | 06/02/2019
Jogadores do Atlético-CE comemoram gol de Dudu Itapajé (Foto: Ronaldo Oliveira)
Jogadores do Atlético-CE comemoram gol de Dudu Itapajé (Foto: Ronaldo Oliveira)

De Itapajé para fazer história no futebol cearense. Dudu, que leva no sobrenome a cidade natal, marcou os dois gols da vitória do Atlético-CE sobre o Joinville, no PV, na noite desta quarta-feira, 6, garantindo a classificação inédita do clube na Copa do Brasil. Os cearenses conquistaram o triunfo jogando com um a menos desde os 39 minutos do 1º tempo.

Em apenas sua segunda participação no torneio, a Águia da Precabura, que tem folha salarial modesta, assegurou mais de R$ 1 milhão de cota por avançar na Copa do Brasil. Na 1ª fase, o time cearense já tinha garantido R$ 525 mil. Classificado para a 2ª parte do torneio, o Atlético receberá mais R$ 625 mil.

+ No Castelão, Fortaleza vence o Barbalha na estreia do Campeonato Cearense

Dentro de campo, a equipe comandada pelo técnico Luan Carlos precisou se superar. Jogando em casa, a Águia só se classificava com um triunfo, enquanto o rival catarinense atuava pelo empate. Aos 36 minutos do 1º tempo, Dudu Itapajé, de pênalti, abriu o placar e começou a escrever seu nome na história do clube.

Logo em seguida, os cearenses perderam o lateral-esquerdo Élvis, expulso direto após uma entrada violenta. O treinador Luan Carlos sacou o atacante Bruno Ocara e colocou em campo defensor Alex Barros para recompor o setor.

Com um a menos, a Águia passou a ser pressionada. No fim do 1º tempo, Arthur fez um milagre para evitar o gol de empate dos catarinenses. Na 2ª etapa, o Atlético seguia fechado, enquanto o Joinville buscava a todo custo a igualdade, que garantia a classificação.

Foi aí que aos 22 minutos, em nova bola parada, Fábio Leite cobrou falta na área. Dudu Itapajé se aproveitou do rebote do goleiro Jefferson para marcar o segundo e dar números finais ao confronto. Depois de ampliar o placar, o técnico Luan Carlos sacou o atacante Dudu Itapajé e lançou em campo o volante Caio Acaraú, se fechando de vez.

O Joinville seguiu pressionando até o fim, mas não conseguiu furar o sistema defensivo do Atlético. Agora a Águia aguarda para enfrentar na 2ª fase da Copa do Brasil o vencedor de Brusque x Atlético-GO, partida marcada para a próxima quarta-feira, às 19h30min. Seja contra quem for, o time cearense terá o mando de campo.

Listen to "#35 - Papo com artilheiros: Rinaldo e Sérgio Alves analisam a função do atacante no futebol moderno" on Spreaker.