PUBLICIDADE
Esportes

Torcida do Guarany colocou no Junco quase 65% do público do Estadual até o momento

Das nove partidas realizadas, seis tiveram prejuízos com renda

19:37 | 15/01/2019
NULL
NULL

[FOTO1]

Uma das grandes discussões no futebol atual é a questão de renda e público e até que ponto eles sustentam um time pequeno de futebol - principalmente de interior. Para se ter uma noção, na atual edição do Campeonato Cearense apenas três jogos tiveram lucro, sendo dois deles no Junco.

Em pesquisa realizada pelo comentarista e estatístico Thiago Minhoca da Rádio O POVO/CBN, seis das nove partidas até agora ficaram no prejuízo. Fora as partidas realizadas em Sobral, apenas um outro combate teve lucro, mas ele acaba sendo irrisório: R$ 27,66. Esse jogo foi no Domingão, na primeira rodada, entre Horizonte e Guarany de Sobral - o Guarasol, portanto, está envolvido nas únicas três vezes rendimento financeiro positivo.

No Estádio do Junco a história é outra. Nas duas vezes que o Guarany jogou lá neste ano (Ferroviário e Barbalha), os lucros foram altos. Contra o Ferrão, o público pagante terminou em 2.145, com a renda: R$ 42.450. Já contra a Raposa, teve público de 3.314 e renda: R$ 58.325. Os números mostram o apoio da torcida do Bugre, que tem sido fundamental neste início de certame.

A soma da parte financeira dá R$ 100.775, 73,1% do total (R$ 137.873). Além disso, em público pagante, o Guarasol tem 64,8% (5.459 de 8.419). Já em menor público e renda, temos o confronto entre Floresta e Guarani de Juazeiro, onde os 119 torcedores que estiveram presentes no Domingão renderam ao time da Vila Manoel Sátiro o valor final de R$ 589. Vale ressaltar que o duelo foi realizado às 16 horas de uma quarta-feira.
 

TAGS