PUBLICIDADE
Esportes

Ceará e Fortaleza terão o mesmo patrocinador na temporada de 2019

O anúncio foi feito pelo presidente do Tricolor, Marcelo Paz, na manhã desta terça-feira, 22

11:41 | 22/01/2019
NULL
NULL
[FOTO1]
Ceará e Fortaleza terão o mesmo patrocinador na temporada 2019. A empresa paraense de fabricação de condutores de alumínio e produtora de cobre, Alubar, firmou parceria com os dois clubes. O patrocínio é o primeiro anunciado pelas equipes após a saída da Caixa Econômica Federal (CEF).

%2b Santos acerta contratação de Everson; presidente do Ceará não confirma pagamento

O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira, 22, pelo presidente do Tricolor do Pici, Marcelo Paz, em coletiva de imprensa. A parceria firmada com a empresa não é para o patrocínio master.

"Que essa parceria seja bem forte como o fio de cobre e o alumínio que eles produzem. Feliz porque a marca do Fortaleza tem sido procurada", comentou Marcelo Paz em coletiva.

[FOTO2]

 "Meta é ser campeão da Copa do Nordeste", diz Matheus Alessandro em apresentação oficial

A marca do novo patrocinador será exposta na parte de trás das camisas de Fortaleza e Ceará. O diretor de marketing do Ceará, Lavor Neto, comemorou o acerto da parceria. "O Grupo Alubar é a maior fabricante de cabos elétricos de alumínio da América Latina, ou seja, é um gigante no ramo que atua. O fechamento dessa parceria demonstra a grandeza do retorno que nossos patrocinadores obtêm com a exposição de marca que o clube proporciona", afirmou.

Assim como Marcelo Paz, o presidente do Vovô, Robinson de Castro, se pronunciará sobre o novo patrocinador do clube, trazendo maiores detalhes da parceria. A coletiva do mandatário alvinegro está agendada para as 16 horas, no Porangabuçu.

Investimento da Caixa
Em 2019, a Caixa deve deixar de patrocinar a maioria dos clubes de futebol. O POVO já havia divulgado o impasse envolvendo o patrocínio master do banco estatal, tendo em vista que o apoio foi definido como irregular pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Além disso, o próprio governo de Jair Bolsonaro não aprova este tipo de investimento da CEF aos times.

O Ceará recebia investimento anual de R$ 4 milhões, enquanto o Fortaleza, R$ 2,4 milhões. O contrato se encerrou no fim de 2018 e não foi renovado.
TAGS