PUBLICIDADE
Esportes

Fora de casa, Ferroviário faz duelo pelo acesso contra o Campinense

16:18 | 09/07/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O Ferroviário está a 90 minutos de fazer história. O time coral entra em campo nesta segunda-feira (9) em busca de confirmar um inédito acesso para a 3ª divisão do Campeonato Brasileiro. Para isso, precisa apenas de um empate (ou de vitória por qualquer placar) no duelo de volta das quartas de final da Série D nacional, contra o Campinense, em duelo marcado para as 19h, no estádio Amigão, em Campina Grande.

A vantagem coral foi conquistada no jogo da ida, em que o Ferrão saiu vitorioso por 3 a 2, na Arena Castelão. Qualquer vitória do time paraibano por um gol de diferença leva a disputa da vaga para as cobranças de pênalti.

Para muitos, como o historiador do clube, Evandro Ferreira Gomes, o acesso para a Série C representaria o maior feito da história do Ferroviário, uma vez que, até hoje, o time nunca subiu de divisão em Campeonatos Brasileiros em campo. Seria também a primeira conquista do Ferrão de nível nacional. Até hoje, em sua galeria de títulos, o Tubarão da Barra ostenta apenas taças locais, com destaque para os nove campeonatos cearenses (o último deles conquistado em 1995, há 23 anos).

Além de mudar o clube de patamar, o acesso também asseguraria mais um ano de calendário cheio para o Ferrão, com possibilidade até 24 jogos no Brasileiro. A nova façanha coral também pode ser marcada por um dado positivo. Se vencer ou empatar, o Ferroviário conquistará o acesso de forma invicta. Até aqui, a equipe ostenta uma campanha de 11 jogos, com 5 vitórias e 6 empates.

Para o Jogo do Acesso, o técnico do Ferroviário, Marcelo Vilar, conta praticamente com força máxima. O treinador só tem uma baixa no elenco: o atacante Juninho Quixadá. No jogo de ida contra o Campinense, em que foi o grande destaque individual da partida, Juninho levou o terceiro cartão amarelo da série e terá que cumprir suspensão automática. Sem ele, Vilar deve escalar Luís Soares para formar dupla de ataque com Edson Cariús, artilheiro do time e da Série D 2018, com nove gols.

No lado paraibano, o técnico Ruy Scarpino faz mistério para definir a equipe. O treinador optou por fechar o treino de apronto, deixando ainda em aberto quem ocupará a lateral-esquerda do time. Zeca e Jackinha brigam pela posição. Para reverter a vantagem do adversário, a Raposa aposta nos gols de Danilo Bala, destaque da equipe na Série D.
 
FICHA TÉCNICA

Campinense x Ferroviário
Data: 09/07/2018
Local: estádio Amigão, em Campina Grande
Horário: as 19h (horário de Fortaleza)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis-SP e Miguel Ribeiro da Costa-SP  
Transmissão: Rádio O POVO/CBN (AM 1010)

Ferroviário (4-4-2): Gleibson, Lucas Mendes, Luis Fernando, André Lima e Sávio; Mazinho, Leanderson, Esquerdinha e Janeudo; Luís Soares e Edson Cariús. Técnico: Marcelo Vilar

Campinense (4-4-2):
Jeferson, Alex Murici, Rafael Jansen, William Goiano, Zeca (Jackinha); Felipe Macena, Jorginho, Marcelinho e Thiago Potiguar; Denílson e Danilo Bala. Técnico: Ruy Scarpino 
TAGS