PUBLICIDADE
Esportes

Maurílio Silva não é mais técnico do Ferroviário

14:47 | 28/05/2018
NULL
NULL
[FOTO1] O Ferroviário começou a semana sem treinador. Um dia após classificar o Ferroviário como líder do Grupo A4 da Série D do Campeonato Brasileiro, Maurílio Silva deixou nesta segunda-feira (28) o cargo de técnico. As versões sobre os motivos da saída são divergentes. Segundo Esportes O POVO apurou, Maurílio pediu para entregar o cargo, motivado pelas críticas e na pressão que vinha sofrendo da torcida, que vaiou o time e exigiu a sua saída, após o empate em 0 a 0 com o Cordino, domingo passado, no estádio Presidente Vargas, na última rodada da fase classificatória do Campeonato Brasileiro.

Na coletiva de imprensa após o jogo, o treinador falou da pressão vinda das arquibancadas e lamentou as críticas da torcida. Esportes O POVO também teve acesso a outra versão de que foi a diretoria coral foi quem decidiu pela demissão do treinador, insatisfeita com a produção do time em campo.

Apesar de ter terminado a 1ª fase invicto e com o objetivo da classificação alcançado, Maurílio conviveu com a insatisfação da torcida, que viu o time não vencer nenhum dos três jogos disputados em casa: empatou com Cordino, 4 de Julho e Interporto no PV.  Maurílio deixa o comando do Ferroviário de forma invicta, com sete partidas disputadas, com cinco empates e duas vitórias. Além dos 6 jogos da fase classificatória da Série D, ele também dirigiu o time no empate em 2 a 2 com o Atlético-MG.

A diretoria coral segue em busca de um novo treinador, mas até o momento não definiu um substituto. O favorito é Marcelo Vilar, que já treinou o time no início da temporada passada. O time iniciou a semana se preparando para o mata-mata da 2ª fase da Série D do Brasileiro, em que o time enfrentará o Cordino-MA. O 1º jogo está agendado para o próximo domingo, na casa do adversário, no Maranhão. Já a partida de volta ocorrerá em Fortaleza, prevista para o dia 10 de junho.

 

Atualizado as 15h55min

TAGS