PUBLICIDADE
Futebol Cearense
Pediu para sair

Ademir Fonseca deixa comando técnico do Ferroviário

21:17 | 05/04/2018
Ademir Fonseca
Foto: Mateus Dantas/O POVO
Ademir Fonseca não é mais técnico do Ferroviário. No dia seguinte a derrota do time coral para o Atlético Mineiro, por 4 a 0, no Estádio independência, pela quarta fase da Copa do Brasil, o ex-comandante do Tubarão conversou com a diretoria e em comum acordo deixou o cargo.

"Tive uma reunião com a direção de futebol do Ferroviário assim que chegamos em Fortaleza, após retornarmos de Belo Horizonte, e definimos que não darei seguimento ao trabalho no clube. Gostaria de agradecer ao Ferroviário, sua diretoria, torcida, jogadores e funcionários, e desejar todo o sucesso do mundo a todos. Foi muito gratificante fazer parte desta campanha histórica na Copa do Brasil", disse, em comunicado oficial.
 
Ademir Fonseca comandou o Ferroiário em 18 jogos, tendo vencido cinco, empatado outros cinco e perdido oito. Foi eliminado precocemente na Copa do Nordeste, caiu na segunda fase do Campeonato Cearense e levou o time até a quarta fase da Copa do Brasil, um marco na história do time coral. O aproveitamento foi de 37%.

A diretoria de futebol do Ferroviário disse que ainda não tem um nome em mente para substituir Ademir, mas que começará a buscar um novo técnico a partir desta sexta-feira, 6, após conversas com toda a diretoria.