Participamos do

Tiago Nunes lamenta empate contra o Bahia, em Salvador, pela Série A

Em coletiva cedida após a partida, técnico do Vovô fez análise do resultado, questionou expulsão do Cléber e falou sobre o próximo duelo do Brasileirão, que será diante do Fluminense
10:45 | Out. 28, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Repórter do caderno de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Empate a se comemorar ou a se lamentar? Para o técnico Tiago Nunes, o 1 a 1 do Ceará diante do Bahia na Arena Fonte Nova não deve ser celebrado. Em coletiva cedida após o duelo, o treinador falou sobre o resultado, questionou a qualidade da arbitragem por conta da expulsão do Cléber e deu o prognóstico para a partida contra o Fluminense. 

"O empate para se comemorar foi contra o Juventude, onde fomos superamos contra o adversário na maior parte do tempo. Eles criaram as melhores oportunidades. Hoje, sim, a de se lamentar, pois penso que foi um jogo muito equilibrado", disse.

Fazendo a análise da partida, Tiago Nunes elogiou a consistência da zaga alvinegra, mas destacou também os poucos chutes a gol dos dois times. "As duas equipes tiveram poucas chances de gol. A gente fez uma partida muito consistente no que tange a parte defensiva. Tivemos algum equilíbrio na parte ofensiva também. Saímos na frente no placar com um belíssimo gol e, praticamente numa jogada individual do Bahia, num chute de longa distância do artilheiro do Brasileirão, nós acabamos sofrendo o empate. Depois fomos penalizados", analisou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Para ele, a expulsão sofrida por Cléber foi prejudicial ao Vovô. Na fala, o treinador chegou a questionar a qualidade dos árbitros escalados para os jogos do Ceará fora de casa. "Uma expulsão, no meu ponto de vista, absurda. O árbitro (estava) muito condicionado pelo ambiente. Até fica minha dúvida: por que nos jogos do Castelão são árbitros FIFA, de alto nível e qualidade, e nos jogos fora de casa tem sido árbitros, no mínimo, de qualidade duvidosa. A gente viu que o que aconteceu dentro do jogo, principalmente no lance do Cléber, acabamos sendo prejudicados. Comemorar no sentido de somamos mais um ponto, mas estamos ainda longe do ideal, do que tange a tabela", falou.

Jogo diante do Fluminense

Em relação ao jogo do próximo domingo, 31, quando o Ceará recebe o Fluminense no Castelão, Tiago Nunes pontuou que a equipe deve se apresentar de modo que agrade o torcedor. O técnico também frisou a importância do apoio da torcida para o clube neste momento. 

"Tem que ser (diante do Fluminense) uma equipe inspiradora, que traga o torcedor, que possa fazer o torcedor acreditar em nós e no time dentro de campo. Grande parcela dos jogos em casa a gente conseguiu ser esse time, criamos muitas chances de gol, impomos ritmo e, por algumas circunstâncias os resultados não vieram. O que eu peço é que a gente tenha capacidade de competir mais uma vez, que sejamos eficientes e que possamos contar com o carinho do nosso torcedor. O torcedor tem um papel muito importante. Independente se ele gosta de jogador A, B ou C, se gosta do treinador ou não, o clube está acima de todos nós e precisamos apoiar o clube nesse momento", salientou.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags